Vigilância apura novos casos de intoxicação alimentar por queijo coalho

Em Parintins, o queijo-coalho, está sendo culpado por causar problemas intestinais
Em Parintins, o queijo-coalho, está sendo culpado por causar problemas intestinais
Em Parintins, o queijo-coalho, está sendo culpado por causar problemas intestinais

Parintins, AM – A Vigilância Epidemiológica e a Vigilância Sanitária apuram o caso de mais duas pessoas vítimas de intoxicação alimentar após ingerirem queijo coalho na quarta-feira, 12. Um homem que não teve o nome divulgado deu entrada no Hospital Regional Jofre Cohen e aposentada Fernanda Castro Bentes, 54, foi atendida no Hospital Padre Colombo com vomito, fortes dores estomacais e diarreia.

O coordenador da Vigilância Epidemiológica de Parintins Sipriano Ribeiro está apurando os novos casos, mas ainda não apresentou relatório à gerente de Vigilância Sanitária Iane Nunes. “Estamos apurando esses casos, mas precisamos ter todos os detalhes para informar o que causou esse novo problema”, informou.

Iane conversou nesta quinta-feira com os profissionais do Laboratório Central de Manaus e afirmaram que já estão analisando as amostras de queijo coalho e tucumã que foram enviadas a capital amazonense. “Estão trabalhando, mas acredito que o resultado só poderá ser divulgado na próxima semana”, avisa a gerente.

A Vigilância Sanitária manteve nos últimos dois dias fiscalização nas feiras e mercados da cidade na tentativa de manter a proibição do queijo coalho e tucumã até que se identifique o que levou mais de 40 pessoas para as emergências dos hospitais com intoxicação alimentar.

Amazonianarede-Portal Parintins

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.