Vacinação contra HPV já imunizou 65% de meninas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já vacinou, até agora, 33.828 meninas na capital durante a Campanha de Vacinação contra o Câncer de Colo do Útero com imunização contra o HPV, ou seja, 65% do previsto.

A prefeitura iniciou a campanha no dia 9 de agosto e tem como meta imunizar 52.583 meninas na faixa etária de 11 a 13 anos, e foi prorrogada até o dia 4 de setembro. A vacinação está acontecendo nas escolas municipais, estaduais e particulares de Manaus. Os Distritos de Saúde Norte, Sul, Leste, Oeste e Fluvial organizaram um cronograma específico para que cada uma das 686 escolas da capital seja atendida.

O secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, considera que a vacinação conseguiu atingir o objetivo de conscientizar os pais sobre a importância de proteger as filhas contra o câncer de colo de útero. “Com certeza já estamos em mais de 80% porque os nossos dados desta quinta-feira (22) ainda não foram fechados”, afirmou.

As meninas que estão tomando essa primeira dose da vacina contra HPV, devem tomar outra dose em outubro e depois em fevereiro, um intervalo de 60 dias para a segunda dose e 180 dias para a terceira dose. Como a aplicação da vacina deve ser feita na própria escola onde as meninas estudam, é exigida apresentação de autorização por formulário assinado pelos pais ou responsáveis. Os pais precisam ficar atentos para a data de agendamento da vacinação em cada escola. As adolescentes que não estiverem, por qualquer motivo, matriculadas em escolas, poderão procurar uma das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de horário ampliado, depois do dia 9 de setembro, para receber a vacina.

A campanha vem sendo desenvolvida em parceria com o Governo do Estado, que também já iniciou a vacinação nos municípios do interior. No total, 116.532 meninas devem ser vacinadas no estado do Amazonas.

O que é o HPV – É a sigla em inglês para Papilomavírus Humano. O HPV é capaz de infectar a pele ou as mucosas e possui mais de 100 tipos. Do total, pelo menos 13 têm potencial para causar câncer. Estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 291 milhões de mulheres no mundo são portadoras do HPV, sendo que 32% estão infectadas pelos tipos 16, 18 ou ambos. No Brasil, a cada ano, 685.400 pessoas são infectadas por algum tipo do vírus.

O HPV é transmitido por contato direto com a pele infectada. Grande parte das infecções é assintomática ou inaparente. Tanto o homem quanto a mulher podem estar infectados pelo vírus sem apresentar sintomas. Entretanto, o vírus é responsável por 95% dos casos de câncer de colo do útero, sendo esta a primeira causa de óbitos em mulheres por câncer no Amazonas.

A prevenção contra o vírus se dá através da adoção de medidas de proteção nas relações sexuais e por meio da vacinação. Salienta-se que o câncer de colo de útero pode ser detectado precocemente na realização regular do exame de papanicolau que diagnostica alterações celulares do colo do útero.

(Foto: Altemar Alcantara)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.