“Trio” de traficantes cai no Amazonino Mendes, zona leste

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores da 2ª Seccional Norte, coordenados pelo Delegado Titular, João Ferreira Neto, prendeu na noite desta terça-feira (1º), por volta das 18h, três pessoas envolvidas com tráfico de drogas no bairro Amazonino Mendes, popularmente conhecido como Mutirão, na Zona Norte da cidade.

Os Policiais Civis receberam uma denúncia anônima informando que uma mulher, identificada como “Lica”, estaria comercializando drogas naquele bairro. Ao chegarem no lugar, os policiais ficaram observando a movimentação de entrada e saída de supostos “clientes” no local.

Com a confirmação da denúncia, eles abordaram “Lica”, que estava portando 34 porções médias de oxi escondidas dentro do sutiã que ela usava. No interior da casa foram encontrados dois homens, envolvidos com o tráfico de drogas.

Eliane Coutinho de Souza, conhecida como “Lica”, 32, o companheiro dela, Giliarde Dias da Silva, 29, que se apresentou na delegacia como “Valter Cunha Silva Filho”, foragido do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde o dia 22 de março deste ano, onde cumpria pena por tráfico de drogas e furto, e o genro de Eliane, Alex Ferreira Souza, 22, também procurado da Justiça desde o último dia 25 de dezembro, em cumprimento de mandado de prisão expedido pela juíza Telma Verçosa, da Vara de Execuções Penais (VEP), por tráfico de drogas, foram conduzidos à Seccional Norte, na rua Sávio Belota, bairro Novo Aleixo.

Giliarde e Alex foram presos em cumprimento de mandado de prisão por tráfico de drogas (Art. 33 da Lei nº 11.343/06). Eliane foi autuada pelo mesmo crime. Após a conclusão dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerão à disposição da Justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.