Taxistas vão aprender inglês e espanhol básico para a Copa de 2014

(Reportagem: Michelangelo Botto)

Duzentos taxistas serão beneficiados com cursos de idiomas oferecidos pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento – Semtrad, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Cultura do Estado do Amazonas (Idepecam).

O Programa de Qualificação em Inglês e Espanhol Básico, foi lançado nesta sexta-feira,11, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com o objetivo de capacitar mão-de-obra especializada para a prestação de serviços aos turistas que utilizam esse meio de transporte, especialmente durante a Copa do Mundo de 2014. Os cursos terão duração de três meses, com aulas ministradas pelo Idepecam, já a partir da próxima semana.

Representando o prefeito Arthur Virgílio Neto, o secretário da Semtrad, Guto Rodrigues, disse que essa é mais uma iniciativa da administração municipal visando a qualificação de trabalhadores de áreas distintas, diretamente relacionadas ao atendimento de turistas. “Temos que receber bem os visitantes que vem aqui conhecer nossa cidade para incentivá-los a voltar e indicar Manaus a seus amigos, transformando o turismo numa atividade de geração de emprego e renda para nosso povo. Por isso, é necessário investir cada vez mais na educação, na educação, na sustentabilidade e na qualificação profissional”, afirmou.

Para o subsecretário Vicente Filizzola, essa qualificação passa, necessariamente, pelo aprendizado de um segundo idioma. “Os taxistas são uma categoria fundamental no bom atendimento ao turista e, para isso, precisam saber, pelo menos, inglês ou espanhol básico, para poder se comunicar melhor com eles”, disse.

Há 13 anos na praça, o taxista Gláucio Melo, revelou que, atualmente, sua comunicação com os turistas estrangeiros é feita através de gestos e na base da adivinhação. “Com o curso de formação básica, poderemos saber realmente as necessidades dos turistas sem ficar tentando adivinhar o que eles querem dizer”, afirmou. “Essa é uma oportunidade que fica para o resto da vida, e que é muito útil no nosso dia a dia. Hoje temos que nos virar para entender onde querem ir”, revelou Antonio Barbosa, outro taxista, que também está entusiasmado em fazer o curso gratuito com carga horária prevista de 200 horas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.