“Tarado” apanha do marido de uma das vítimas e vai para a cadeia

Manaus – Policiais Civis lotados no 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenados pelo Delegado Titular, Alessandro Albino, em parceria com Policiais Militares da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), prenderam Douglas Lira Fonseca, 21, envolvido em pelo menos três estupros seguidos de roubo na cidade.

Douglas foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido na manhã de ontem pelo juíz Carlos Zamith de Oliveira Júnior, da Central de Plantão Criminal. Ele estava na residência dele, localizada na rua Agnello Bittencourt, bairro Novo Reino 2, Zona Leste.

O homem foi denunciado por ter estuprado uma jovem de 18 anos na tarde do último dia 14 de junho no Conjunto Castanheiras, Zona Leste. Após consumar o ato, o infrator fugiu do local levando o celular da vítima e R$ 30 em espécie.

Minutos após o delito, a vítima compareceu no 4º DIP para formalizar a ocorrência. Um retrato falado do suspeito e as imagens do circuito interno das câmeras de segurança de uma empresa, localizada nas proximidades da residência da vítima, foram divulgadas em toda a imprensa local e ajudaram a Polícia Civil na localização de Douglas.

Durante oitiva, ele declarou que já tinha conhecimento que poderia ser capturado a qualquer momento, devido a divulgação das imagens do crime. Ainda no 4º DIP, foi realizado o levantamento da ficha criminal do suspeito, momento em que foi constatado que Douglas responde na Justiça, no regime semiaberto, a dois processos, um por roubo e outro por estupro, ocorridos em novembro de 2012.

Segundo o Delegado Alessandro Albino, durante a ação Douglas foi surpreendido pelo marido da vítima, que chegou a travar luta corporal com o suspeito e conseguiu imobilizá-lo até a chegada dos policiais.

“Douglas já tem passagem na polícia pelos mesmos crimes. Ele estava cumprindo pena em regime semiaberto no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj)”, frisou Albino.

O Titular do 4º DIP informa que a colaboração da população foi fundamental para a elucidação do crime, pois por meio de imagens divulgadas na imprensa começaram a surgir várias denúncias sobre o possível paradeiro do suspeito. “A contribuição da população foi importante para ajudar no trabalho das Polícias Civil e Militar”, declarou Alessandro Albino.

Ainda com informações da autoridade policial, possíveis vítimas de Douglas estão comparecendo ao DIP para prestar depoimento. Será colhido material genético do suspeito e comparado com o material genético encontrado nas vítimas de estupro. Se comprovado o crime, será incluído no inquérito policial e a pena do infrator irá ser agravada.

Na delegacia, Douglas foi autuado por estupro (Artigo 213 do Código Penal) e roubo (Art. 157 do CP). Ele será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.

Alessandro Albino solicita que mais vítimas compareçam ao DIP para fazer o reconhecimento do suspeito. Quem tiver qualquer informação sobre delitos cometidos por Douglas, entrar em contato com os servidores da unidade policial pelos números (92) 3638-1712ou 9256-1616. A Polícia Civil do Amazonas assegura o sigilo da identidade dos informantes.

(Ascom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.