Shopping Ponta Negra abre espaço para o artesanato amazonense

Artesanato amazonense, ganha espaço no Shopping Ponta Negra
Artesanato amazonense, ganha espaço no Shopping Ponta Negra
Artesanato amazonense, ganha espaço no Shopping Ponta Negra

Manaus – O artesanato amazonense, reconhecido em todo o mundo, está disponível no Shopping Ponta Negra, localizado na zona oeste de Manaus. As peças dos artesãos locais estão sendo comercializadas pela Cooperativa do Artesanato Sustentável do Amazonas (Coopasam).

De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, a concepção desta loja permite ao público local conhecer e adquirir um artesanato de alto nível com características regionais “Essa loja vem ao encontro com o que nós esperamos, que os manauaras possam adquirir peças belíssimas feitas por artesãos da região com qualidade reconhecida internacionalmente” disse Braga.

O espaço é fruto de uma iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), em parceria com os artesãos, através do Programa de Artesanato Sustentável, que tem como intuito agregar valor à produção artesanal e orientar os profissionais para manter a sustentabilidade da matéria prima.

Pioneirismo

Para o presidente da Coopasam, Gumercindo de Souza Neto, a loja no shopping, além de servir de vitrine, quebrou um paradigma. “Nós somos a primeira loja de artesanato regional e sustentável dentro de um shopping. Quebramos essa barreira. Hoje, nossa loja é referência e foi aprovada pelo público exigente que frequenta o local”, comemorou.

Gumercindo Souza Neto disse ainda que, para o futuro, a loja será transformada em um ponto cultural, com lançamentos de livros e exposições de novos artesãos.

Trabalhos nos municípios

O programa foi realizado nos municípios de Iranduba, Novo Airão, Parintins, Barreirinha, São Gabriel da Cachoeira, Tefé e em Manaus, cidades consideradas destinos indutores do turismo no Estado.

O Programa Artesanato Sustentável ganhou destaque após várias participações em feiras nacionais e internacionais do setor, como o Salão de Negócios da Fashion Rio (Rio à Porter), o Brazil Premier Travel Event For The International Market (Brite 2011), Feira de Artesanato de Firenze (Itália), Feira Internacional de Lisboa (Portugal), entre outros eventos, onde a Amazonastur levou o artesão para apresentar o seu produto ao consumidor final, cortando o papel do atravessador, evitando que grande parte do lucro desse produtor local fosse retida.

Além das participações em grandes eventos turísticos, o programa ganhou o interesse do grupo de empresários espanhóis (El Corte Inglês), que comprou mais de quatro mil peças dos artesãos amazonenses para comercializá-las em 80 lojas na Europa.

Amazonianarede

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.