Servidores denunciam “saques” e Prefeitura tenta desbloqueio de contas

Prefeitura de Macapá

Prefeitura de Macapá

Amazonianarede – Diário do Amapá

Macapá – Após as eleições deste ano, que resultou na derrota do atual prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), para a oposição encabeçada por Clécio Luís (Psol), a cidade começou a enfrentar a pior crise administrativa de sua história. Desde a última semana, sete categorias de trabalhadores muni-cipais paralisaram suas atividades. Ruas sem limpeza, postos de saúde sem médicos, prédios sem vigilância e escolas sem merendas, são apenas alguns dos problemas enfrentados pelos moradores de Macapá.

A crise instalada na cidade ficou ainda pior quando na segunda, 10, a Justiça Federal determinou bloqueio das contas da Prefeitura de Macapá, destinadas a recebimento de recursos federais da saúde e educação. Segundo o Ministério Público Federal, o objetivo da ação foi garantir os pagamentos atrasados e a manutenção dos serviços.

Desmonte

Além dos problemas relacionados, surge uma nova e preocupante denúncia. Servidores da própria prefeitura dizem estar havendo “saque” de vários objetos, como computadores, por exemplo.

Para o chefe de gabinete, Antônio Meireles, o bloqueio das contas da prefeitura de Macapá irá inviabilizar a governabilidade até o fim do mandato de Roberto Góes.

Com objetivo de reverter esse quadro, a Procuradoria Geral do Município (Progem) entrará na Justiça com um pedido de reconsideração e apresentará recursos para derrubar a liminar.
“Vamos apresentar todos os dados que temos, que o MPF deveria ter soli-citado antes de haver pedido o bloqueio das contas. Caso não tenhamos sucesso nesse pedido, iremos ao Tribunal Regional Federal pedir a cassação da liminar”, afirmou o procurador geral do município, Horácio Magalhães.

O MPF solicitou o bloqueio após constatar a precariedade de serviços essenciais em Macapá. No dizer dos procuradores da República, está ocorrendo “um desmonte generalizado da prefeitura”. Já para Meireles, ‘foi uma atitude radical do MPF em optar pelo bloqueio das contas, sem antes checar documentos’. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.