Rodoviários prometem “catraca livre”, a parir das 5:30h desta quarta(20)

Amazonianarede – Sérgio Costa

Manaus – Depois de uma reunião com os empresários do setor de transporte coletivo de Manaus, realizada na Superintendência Regional do Trabalho no Amazonas, os representantes dos trabalhadores não concordaram em esperar até amanhã, quando está previsto o julgamento das reivindicações da categoria e decidiram que, logo na saída dos primeiros coletivos das garagens, não haverá a cobrança da passagem ao usuário. Eles vão utilizar a chamada “catraca livre”.

O sindicato garante que vai parar 30% dos ônibus que circulam diariamente na cidade até as 15h. Porém, o presidente Josildo de Oliveira disse que está aberto a novas negociações.

O sindicato patronal não aceitou as exigências da categoria, como a compensação de horas extras, férias pagas fora do prazo, pagamento de insalubridade, descontos de assaltos, recusas de atestado médicos e odontológico e desconto de peças e quebras durante o trabalho.

Se os patrões não acatarem nossas reivindicações, a greve está mantida, finalizou Josildo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.