‘Quando eu for solto vou fazer pior, porque estou revoltado’, diz garoto detido por furtos

Garoto vendia os objetos furtados ou trocava por drogas, em bocas de fumo da cidade
Garoto vendia os objetos furtados ou trocava por drogas, em bocas de fumo da cidade
Garoto vendia os objetos furtados ou trocava por drogas, em bocas de fumo da cidade

MANAUS – “Quando eu for solto vou fazer pior, porque estou revoltado”. A afirmação é de um adolescente, de 17 anos, conhecido como ‘Loirinho’, apresentado, nesta quarta-feira (27), pela Polícia Civil (PC), como suspeito de praticar furtos na área do conjunto Vieiralves, zona centro-sul de Manaus. A delegada Indra Celani Leal, do 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que o adolescente tem, pelo menos, 20 passagens pela Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), a maioria por roubos e furtos.

Conforme a delegada, o garoto vendia os objetos furtados ou trocava por drogas, em bocas de fumo da cidade. Ele foi apreendido, na Avenida Álvaro Maia, no Nossa Senhora das Graças, na última terça-feira. De acordo com o soldado da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Rômulo Cunha, entre os locais furtados pelo menor está uma academia de ginática, uma casa e um escritório de uma imobiliária, localizados na Rua Rio Jutaí, no Vieiralves.

Além do adolescente, a polícia deteve a lavadeira Leidiane Dantas Araújo, 24, e o frentista Raphael Guimarães Canto, 21, suspeitos de receptar os produtos furtados pelo adolescente. Raphael foi liberado após pagamento de fiança.

O comandante da 22ª Cicom, Bruno Dayvison, explicou que a polícia conseguiu identificar o rapaz por meio de uma cicatriz. “Após ser detido, ele apontou aos policiais onde havia escondido e para quem havia vendido os objetos”, disse.

Parte dos itens furtados foram apreendidos em uma casa abandonada, no Presidente Vargas, na casa de Raphael, na Compensa, e no Beco Sucupira, no Nossa Senhora das Graças, onde Leidiane morava.

Foram recuperados duas TVs, dois notebooks, uma impressora, uma máquina fotográfica, aparelhos receptor de Internet, entre outros objetos. “Tudo indica que ele furtava esses objetos e vendia ou trocava por porções de cocaína”, afirmou Cunha. O adolescente foi encaminhado, novamente, à Deaai.

*D24AM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.