Proprietários de lanches de galerias populares vão passar por oficina de segurança alimentar

Proprietários de lanches nas galerias populares, passarão por oficina pilo, para melhorar atendimento
Proprietários de lanches nas galerias populares, passarão por oficina pilo, para melhorar atendimento
Proprietários de lanches nas galerias populares, passarão por oficina pilo, para melhorar atendimento

Manaus – Uma oficina piloto, lançada pelo Sebrae em cinco estados brasileiros, vai ser ministrada em Manaus para os proprietários de lanches das galerias dos Remédios e Espírito Santo, no Centro. A ideia é melhorar o que é oferecido nos estabelecimentos, além da segurança alimentar dos produtos vendidos nas duas praças de alimentação.

Inicialmente, a oficina “Sei produzir alimento seguro”, disponibilizou dez vagas para Manaus. Destas, sete foram destinadas aos microempreendedores individuais (MEI’s) das galerias, em sua primeira turma.

“A oficina será ministrada em cinco passos. Os dois primeiros serão em sala de aula, onde serão repassadas todas as técnicas e o restante serão os acompanhamentos individuais que daremos a cada um, dentro de cada estabelecimento”, destacou a engenheira de alimentos do Sebrae, Aline Guimarães.

A oficina vem para atender a resolução de nº 49/2013, da Anvisa, que trata dos procedimentos de boas práticas de segurança alimentar, para quem é MEI formalizado. Nos módulos, os empreendedores vão aprender sobre como implantar procedimentos, armazenamento seguro de produtos, produção, higienização de mãos, higienização de instalações, controle de pragas, melhoria do local de trabalho, uso de uniformes e controle da água.

“O Sebrae é nosso parceiro desde o início do projeto Viva Centro Galerias Populares e estamos incentivando os lojistas e donos de lanches a aproveitarem as oportunidades e tirarem o máximo de proveito das oficinas e cursos ministrados pelo órgão. Com a certificação dessa oficina em mãos, eles podem trabalhar individualmente o marketing dos lanches e faturar ainda mais, afinal, quem é que não quer comer em um local certificado?”, enfatizou o subsecretário municipal do Centro Histórico, Glauco Francesco.

As aulas teóricas serão ministradas no Sebrae, na rua Leonardo Malcher, esquina com a Tapajós. A primeira acontece nesta terça-feira, 23, a partir das 18h. A previsão é que as oficinas em grupo e oficinas individuais encerrem até o dia 25 de agosto.

Amazonianarede

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.