Preso na Cidade Nova homem com fuzis e suspeito de ajudar na fuga de presos

A prisão ocorreu na Cidade Nova

 

A prisão ocorreu na Cidade Nova
A prisão ocorreu na Cidade Nova

Manaus, AM – Um homem de 37 anos foi preso na noite desta sexta-feira (17) no bairro Cidade Nova 2, portando dois fuzis com numeração raspada contendo 52 projéteis intactos. O enfermeiro e empresário Adonis Ferreira é pré-candidato a vereador do município de Santo Antônio do Içá, a 880km da capital, e afirmou ter comprado as armas de um colombiano.

A Polícia informou que fuzis seriam supostamente usados em esquema de resgate de presos em Manaus. Segundo a polícia, investigações iniciaram há dois meses após informações sobre um possível resgate de detentos das unidades prisionais durante escoltas médicas e judiciárias dos presos.

“Nosso departamento de inteligência começou a investigar se realmente iriam chegar essas armas. A gente acredita que eles têm trabalhado muito em trazer armas para desestabilizar o sistema de segurança”, afirmou o major Klinger Paiva, secretário executivo-adjunto da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

De acordo com a Polícia Civil, Adonis foi preso pela equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) por volta das 19h no núcleo 10 do bairro Cidade Nova 2. Ele foi visto em via pública em um veículo modelo Picape Strada de cor preta.

Durante a abordagem, a polícia apreendeu dois fuzis de numeração raspada, o veículo do suspeito e um celular.

Segundo o delegado titular da Derfd, Adriano Félix, em depoimento, Adonis afirmou ter comprado as armas de um colombiano por R$ 8 mil e que venderia os fuzis por cerca de R$ 25 mil na capital.

Durante coletiva de imprensa na manhã deste sábado, o suspeito afirmou que não venderia o armamento. “Comprei de um rapaz lá em Santo Antônio do Içá. Comprei porque achei bonita, ia colecionar, só comprei pra ter mesmo, pretendia trazer para Manaus para legalizar”, contou. Ele negou participação em esquema de facilitação de fuga de presos na capital.

“Nossa preocupação é que esse fuzil é uma arma de grosso calibre e que possivelmente seria utilizando pelo crime organizado dentro e fora dos presídios e também possíveis assaltos grandes. Entraremos em contato com o Comando Geral do Exército e a Polícia Federal, tendo em vista que essas armas de grosso calibre podem fazer parte desse tráfico internacional”, contou Félix.

Adonis foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ele será encaminhado a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, em Manaus.

 

Amazonianarede-AmazonianTv

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.