Preso ex-PM suspeito de comandar trafico de drogas em Manaus

O bando, comandado por um ex-PM está na Cadeia
O bando, comandado por um ex-PM está na Cadeia
O bando, comandado por um ex-PM está na Cadeia

Manaus – A Polícia Civil prendeu quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas em Manaus. Segundo informações da Polícia Civil, o grupo seria parte de uma quadrilha especializada em abordar traficantes, pegar drogas deles e depois vendê-la. O quarteto foi preso na tarde de quarta-feira (20). Um dos suspeitos é ex-policial militar.

De acordo com a polícia, eles eram investigados há dois meses pelo Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc). O ex-PM comandava o grupo e realizava as abordagens. Além dele, foram presos dois homens, de 37 e 45 anos, e uma mulher, de 41. Eles seriam integrantes de facções criminosas na capital.

A prisão foi realizada em cumprimento a mandado de busca e apreensão na casa do suspeito de 45 anos. Lá, foram encontradas porções de drogas, balança de precisão, dois celulares de R$ 650, além de um jogo de uniformes de um time de futebol supostamente comandado por um traficante. O dono da casa foi preso junto ao outro suspeito, de 37 anos.

Na casa da mulher, policiais apreenderam mais de 90 trouxinhas de drogas. O ex-PM foi preso em um posto de gasolina no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital. Segundo a polícia, ele teria marcado um encontro no local para negociar a venda de drogas. Com ele, foram apreendidos R$ 2 mil e um carro modelo Fiat de cor verde.

Segundo o delegado Thyago Tenório, da Denarc, o ex-PM respondia por extorsão mediante sequestro. “Esse rapaz reformado da PM – ele não é expulso, é reformado, está aposentado – estava se utilizado de pessoas, fazendo associação criminosa para traficar. São pessoas perigosas.  Eles pegavam a droga dos traficantes à força e vendiam pela capital. Não tenho dúvidas que existe [outras pessoas envolvidas]. Com certeza haverá outras prisões”, finalizou.

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.