Prefeitura apresentará laudo técnico e medidas de segurança para Praia da Ponta Negra

Praia da Ponta Negra

Praia da Ponta Negra

Amazonianarede – Semcom

Manaus – No próximo dia 31 de janeiro, a Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminfh) apresentará, na sede do Ministério Público do Estado (MPE-AM), um laudo técnico do aterro da Ponta Negra. A pasta também definirá um conjunto de medidas de segurança e as competências de cada instituição para o estabelecimento da ordem e da segurança da área.

As medidas foram anunciadas em reunião na sede do MPE-AM, ocorrida na manhã de hoje, 15. Representando o prefeito Arthur Virgílio Neto, o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, Hissa Abrahão, ressaltou a importância da união de todas as secretarias e instituições como o Corpo de Bombeiros para a liberação da praia da Ponta Negra.

“Vamos precisar da união de todos para ajudar a tocar diariamente essas medidas. No próximo dia 31, retomaremos a discussão, trazendo uma definição mais plausível e aprimorada de um regimento da área da Ponta Negra, estabelecendo normas de uso, horário, proibição de bebida alcoólica e a colocação de guardas de praia”, disse.

Representantes do MPE-AM sugeriram a não utilização da área da praia quando a cota do rio Negro chegar a 17 centímetros. A recomendação foi aceita pelo vice-prefeito, assim como a retomada de uma parceria com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) na elaboração do laudo do aterro.

“Até o dia 31 de janeiro, vamos avaliar a entrega dessa obra. Não vamos olhar para trás. Vamos olhar para a frente, para o futuro”, declarou o vice-prefeito.

Além de procuradores do MPE-AM e vários secretários municipais, participaram da reunião representantes do Corpo de Bombeiros, da Mosaico Engenharia (empresa responsável pela execução das obras na Ponta Negra) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM). 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.