Prefeito visita unidades habitacionais do Prourbis

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto visitou nesta quarta-feira, 5, acompanhando do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Hissa Abrahão, e da equipe técnica responsável pela obra, o terceiro conjunto habitacional (H3) do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis), previsto para ser entregue em outubro deste ano.

A obra, que fica localizada na avenida Hilário Gurjão, Jorge Teixeira III, zona Leste, está com 40% dos trabalhos concluídos. Somente no H3 serão 68 unidades habitacionais, que serão entregues no aniversário de Manaus, juntamente com outras 20 unidades do conjunto H1A.

“A coisa mais importante que estamos fazendo aqui não terá tanta visibilidade, mas vai economizar dinheiro na Saúde, poupar vidas e dar dignidade às pessoas. Estamos falando da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que depois que inaugurarmos ninguém vai mais ver, mas irão perceber as melhorias. Para nós é o que basta!”, afirmou o prefeito.

Ao todo, o Prourbis entregará até março de 2014, 204 unidades habitacionais destinadas às famílias que moram em áreas de risco ou que precisarão ser retiradas de áreas de intervenções. Além das 88 unidades que serão entregues em outubro, em dezembro mais 28 unidades do Habitacional 2 serão oferecidas, sendo 14 delas de uso misto, ou seja, poderão servir também para o comércio. As demais 88 unidades (H1) serão finalizadas até março de 2014.

De acordo com o arquiteto Leonardo Normando, todas as unidades habitacionais têm 45 m² de área, divididas em sala, dois quartos, banheiro, cozinha, área de serviço e, nas unidades térreas, quintal, além de espaço para estacionamento externo.

Infraestrutura

O Prourbis está dividido em duas etapas e prevê ainda a infraestrutura dos bairros com serviços de drenagem, esgoto, iluminação, sistema viário, arborização e acessibilidade. Na primeira etapa, dividida em duas fases, serão contemplados quatro bairros da Zona Leste: Jorge Teixeira III, parte do João Paulo, Arthur Virgílio e Bairro Novo.

Somente na primeira etapa do Prourbis serão investidos US$ 100 milhões, com metade do recurso financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Depois que forem gastos 50% dos recursos, a Prefeitura já poderá financiar junto ao BID a verba necessária para iniciar a segunda etapa, que englobará os bairros Monte Sião, Valparaíso e Cidade de Deus, até a Nascente do Mindu.

Reportagem: Alita Menezes / Foto: Arlesson Sicsú

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.