Prefeito garante entrega do mercado no aniversário de Manaus

(Reportagem: Alita Falcão / Fotos: Altemar Alcântara)

O prefeito Arthur Virgílio Neto vistoriou, nesta terça-feira, 27, a reforma do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, localizado na rua dos Bares, Centro. Ele garantiu que as obras estarão prontas no aniversário de Manaus, no dia 24 de outubro. Quase 90% dos trabalhos já estão concluídos.

No próximo dia 2 de setembro, os permissionários que estão na feira provisória, ao lado do mercadão, vão ser retirados e passarão por cursos de qualificação profissional. Depois de oito anos de espera, eles retornam ao mercado Adolpho Lisboa no dia 12 de outubro para prepararem o local para reabertura.

“Todos os permissionários receberão cursos de padronização do atendimento, manuseio de alimentos, e ainda, conhecimentos históricos de Manaus e do Adolpho Lisboa. Teremos aqui peixe, carne e hortaliças de qualidade, mas teremos também um potencial turístico muito grande e um excelente lugar para ver o por do sol”, afirmou o prefeito.

As obras de restauro do mercado Adolpho Lisboa já estão em fase de acabamento. O pavilhão do peixe será finalizado ainda esta semana, além do pavilhão central que deve ser concluído no início de outubro.
Segundo o secretário municipal do Centro, Rafael Assayag, no período em que estiverem participando dos cursos no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os permissionários receberão uma bolsa do Fundo Municipal de Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq).

“O valor que estamos oferecendo é de R$ 2 mil, tivemos algumas solicitações para que fosse acima disso, mas como a obra está em fase de conclusão com o orçamento já no limite, então fechamos no valor que mais justo para todos. Acreditamos que com a reabertura do mercado, com a requalificação do seu entorno e de todo centro histórico os permissionários poderão lucrar muito acima do oferecido”, explicou Assayag.

Boxes

Ao todo, 182 permissionários estão cadastrados para atuarem no Mercado Adolpho Lisboa, sendo que 91 já têm vaga garantida por apresentam documentos que comprovam que trabalham no local antes de 1988.

Nesta quarta-feira, 28, a Secretaria Municipal do Centro (Semc) fechará um acordo com o Ministério Público Federal (MPF) para que os outros 91 permissionários, que ocupavam os antigos boxes do mercadão e continuam trabalhando na feira provisória, também sejam validados.

“Descartamos a possibilidade da criação de um processo licitatório para ocupação das vagas por determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto que defende que os boxes do mercado Adolpho Lisboa sejam ocupados por quem trabalhava lá antes do fechamento e não trazendo feirantes de fora”, finalizou o secretário da Semc.

Manaus Moderna

Além do Adolpho Lisboa, a Prefeitura de Manaus também vai requalificar todo o entorno do mercado, incluindo a orla da Manaus Moderna. O projeto visa a revitalização do tráfego de pessoas e veículos, com a criação de calçadas mais amplas, nova iluminação e guarda-corpo, que contemplará a vista do Rio Negro.

O reordenamento também inclui faixas de pedestres com ponto de travessia elevado, quiosques para venda de passagens e melhorias na infraestrutura de modo geral, com investimentos da ordem de R$ 1 milhão.

De acordo com Roberto Moita, diretor-presidente do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), é uma obra pequena, do ponto de vista físico, mas que trará amplo benefício para os usuários. “A conclusão da reforma do Adolpho Lisboa representa o início do processo de revitalização de toda essa área do entorno e é exemplo do que se deseja para o Centro”, concluiu.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.