Prefeito entrega motos para agentes de trânsito

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto entregou, na manhã desta sexta-feira, 17, sob às bênçãos do padre Gennaro Tesauro, do Colégio Dom Bosco, 120 motocicletas para o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

A medida faz parte do Programa Permanente de Prevenção de Acidentes de Trânsito, que começa a ser implantando pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e pelo Manaustrans para reduzir o número de óbitos nos acidentes de trânsito na capital.

De acordo com dados da Semsa, 50% das mortes em acidentes de trânsito acontecem ainda no local do desastre, antes mesmo que a vítima receba os primeiros-socorros. Para o prefeito, a utilização das motos pelos agentes aumentará as chances de resgate, além de auxiliar na circulação dos veículos em situações de engarrafamento.

“Com as motocicletas os agentes podem chegar muito mais rápido, do que se estivem de carro, no local de um acidente. Eles estarão percorrendo o dia inteiro todas as seis zonas da cidade, registrando ainda infrações, ajudando a dar mais fluidez e fiscalizando o trânsito”, afirmou o prefeito.

De imediato, 60 veículos já entraram em circulação por toda a cidade. São 12 motocicletas circulando na zona Sul, 12 na Centro-Sul, 10 motos na zona Norte, 10 na Leste, oito na zona Oeste e mais oito motos circulando na zona Centro-Oeste.

“As demais motos serão divididas, uma parte para reserva técnica e a outra liberaremos para as ruas assim que os agentes passarem por treinamento. O fato é que pela primeira vez o Manaustrans tem 120 motocicletas”, destacou Pedro Carvalho, diretor-presidente do órgão.

Antes de receberem as motos, os agentes de trânsito passaram por um treinamento de direção e primeiros-socorros para auxiliar no atendimento das vítimas até que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegue ao local do acidente. Agora, eles têm como missão principal salvar vidas.

Sessão de uso

As motocicletas foram doadas ao Manaustrans, por meio de uma Sessão de Uso, pela Secretaria Municipal de Saúde, que adquiriu os veículos ainda na gestão passada. A Semsa fornecerá nos próximos meses mais 80 motos para a Defesa Civil, que utilizará os veículos nas ações em áreas de risco.

Segundo o secretário da Semsa, Evandro Melo, a segunda causa de morte em Manaus é por fatores externos, ou seja, não ocasionadas por doenças. Dentro dessas causas externas, o acidente de trânsito é o principal.

“O acidente de trânsito tem um grande impacto na vida das pessoas e também na saúde pública, porque o custo do acidente de trânsito é muito grande. Por isso, queremos trabalhar as ações de prevenção dos acidentes, sempre de maneira integrada com as outras secretarias, e chegar mais rápido aos locais dos desastres para mudar essa realidade”, explicou o secretário municipal de Saúde.

REPORTAGEM: Alita Menezes / FOTO: Tácio Melo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.