Por seis décimos, Garantido é o campeão

Parintins, AM – O Boi-Bumbá Garantido é o campeão do 48o Festival Folclórico de Parintins. No ano do Centenário, o Garantido superou o seu adversário e conseguiu conquistar seu 29o título da história folclórica do Boi do Povão.

A pontuação total foi de 1259,1 para o Garantido contra 1258,5 para o Caprichoso. Na comemoração, os dirigentes do Garantido apontaram para o troféu cantando: “Eu vou te buscar”, um trecho da música Juma.

Na apuração das notas da primeira noite, o Caprichoso saiu na frente. Quando foram apuradas as notas do bloco A, que englobam os itens Apresentador, Levantador de Toadas, Batucada ou Marujada, Amo do Boi, Galera, Toada – Letra e Música e Organização do Conjunto Folclórico, o bumbá azul e branco abriu seis décimos de vantagem.

A situação apertou mais quando abertas as notas do bloco B, que compreende aos itens Porta-Estandarte, Sinhazinha da Fazenda, Rainha do Folclore, Cunhã-Poranga, Pajé, Boi-Bumbá Evolução e Coreografia. O Garantido, neste bloco, fez 3 décimos de frente e reduziu a vantagem do Caprichoso.

No bloco C, o equilíbro foi a tônica. No bloco que avalia os itens Ritual Indígena, Tribos Indígenas, Tuxauas, Figura Típica Regional, Alegorias, Lenda Amazônica e Vaqueirada, o resultado final foi o empate – inclusive a galera, onde há uma competição à parte. Com o empate, o Caprichoso fechou a noite com 419,5 pontos contra 419,2.

O clima de nervosismo e apreensão tomava conta da sala onde acontecia a apuração no Bumbódromo. Uma das mais nervosas era a presidente do Caprichoso, Márcia Baranda, que tomava suco de maracujá para tentar acalmar os ânimos. E o nervosismo de Márcia se justificou quando as notas do bloco A da segunda noite foram abertas.

Na abertura das notas do Bloco A, o Garantido abriu vantagem, especialmente nas notas atribuídas pelo jurado Alfredo José de Assis, da Bahia. Ele deu 9,4 para o apresentador Júnior Paulain, 8,8 para o amo do Boi Edílson Santana e outro 9,4 para o levantador David Assayag. Na contagem final do bloco, o Caprichoso ficou atrás por 4 décimos, o que colocou o Garantido na ponta momentaneamente, por um décimo.

No Bloco B, o Garantido continuou melhor, na opinião dos jurados e fechou o bloco com 140 pontos, contra 139,9 do rival, o que deixou o boi azul dois décimos atrás na contagem. A vantagem do vermelho e branco se consolidou com a apuração das notas do bloco C, e o Garantido fechou a noite com 419,9 contra 419,4 e ficou dois décimos à frente na contagem geral.

A contagem da terceira noite abriu com o Garantido acumulando 838,9 pontos contra 838,7.

O mesmo bloco A que selou a vitória do Garantido na segunda noite, foi o responsável por um começo de noite ruim na terceira noite. O jurado Alfredo José de Assis, que atribuiu notas baixas ao Touro Negro na segunda noite, fez o mesmo com o Garantido na terceira. O apresentador Israel Paulain recebeu nota 9, o Levantador Sebastião Júnior ganhou nota 9,4 e o amo do Boi, Tony Medeiros, recebeu a nota 8,6, a menor de toda a apuração. Mesmo assim, o Garantido ainda conseguiu fechar o bloco A com dois décimos à frente do Caprichoso, abrindo mais vantagem.

No bloco B, o equilíbrio foi bem maior, e por isso o Garantido conseguiu manter sua vantagem, uma vez que, na somatória das notas, o total foi de 140 a 140.

No bloco C, o Garantido abriu vantagem de cinco décimos e, antes mesmo da abertura das últimas notas, a festa vermelho e branco começou no Bumbódromo. Na terceira noite, a parcial foi de 420 para o Garantido e 419,6 para o Caprichoso.

(Fonte: Parintins)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.