Policlínica Codajás abre programação alusiva ao Dia Nacional da Pessoa Estomizada nesta terça-feira (12)

(Foto: Arquivo Agecom)

A partir desta terça-feira (12) o Governo do Amazonas, por meio da Policlínica Codajás, dá início à comemoração em alusão ao Dia Nacional da Pessoa Estomizada, celebrado no dia 16 deste mês.

Na unidade de saúde, a programação segue até o dia 29, com atividades educativas e culturais, além da concessão de aproximadamente 10 mil equipamentos aos usuários estomizados inscritos no Programa de Atenção Integral ao Deficiente (Paid).

Durante 13 dias, pacientes, profissionais da saúde e a sociedade em geral terão acesso às informações sobre o atendimento especializado prestado pelo Paid a pessoas estomizadas. Poderão conhecer ainda uma variedade de produtos para estomia e obter explicações a respeito da prevenção ao câncer intestinal, que atinge pessoas de qualquer sexo e idade, porem é mais comum após os 50 anos. Todo conhecimento agregado pelo Programa estará disponível em uma exposição que será realizada nesse período, das 8h às 15h no hall da unidade ambulatorial.

Já a concessão de equipamentos para os pacientes estomizados ocorrerá somente nos dias 18 e 22, das 14h às 15h30, no auditório da Policlínica Codajás. Nesses dois dias, serão entregues 9.750 produtos para estomia, entre bolsas drenáveis, lenços removedores de resíduos e outros itens usados na proteção contra infecção. Além das concessões, o objetivo do evento é proporcionar a confraternização entre os participantes, familiares e equipe profissional do Paid e também promover reflexões acerca da importância das ações do Programa na atenção às pessoas com essa deficiência.

Durante a entrega dos produtos, uma equipe de residentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) vai contextualizar aos usuários a possibilidade de uma vida normal, apesar das limitações, por meio da palestra “Enfrentando os desafios de viver com estomias”. Durante a ação educativa, os participantes também um espaço para relatar suas experiências através do concurso “Contando minha história”. Em todo o país há pelo menos 100 mil pessoas estomizadas, conforme estimativas da Associação Brasileira de Ostomizados (Abraso).

O diretor da Policlínica Codajás, Fábio Manabu Shimizu, explica que o atendimento integral faz parte da política de qualidade do Programa e da unidade de saúde. “Estamos cumprindo com a missão de servir, de proporcionar qualidade de vida e elevar a autoestima das pessoas que necessitam deste tipo de produto. O Programa de Atenção Integral ao Deficiente tem procurado ampliar o atendimento a esse público, além de acolher, orientar e acompanhar essas pessoas que por algum motivo foram acometidas por esse tipo de problema de saúde”, disse.

Para a coordenadora do Paid, a enfermeira Josenira Almeida, mais importante que a concessão de dispositivos é a assistência integral aos usuários. “A missão do Paid não é ter a estomia como prioridade, mas a saúde geral do usuário, desde sua inclusão em ações educativas até o acompanhamento médico especializado”, ressalta, destacando que, para isso, o Programa dispõe de uma equipe multiprofissional por meio da qual são prestados ainda atendimento em psicologia, nutrição, fonoaudiologia, serviço social e enfermagem.

Exposição – Mais detalhes sobre o assunto poderão ser obtidos durante a exposição de equipamentos para estomias, que ocorrerá a partir desta terça (12), às 8h no hall da unidade de saúde. No local, profissionais do Paid dividirão espaço com a exposição artesanal, contendo produtos confeccionados por usuários estomizados atendidos pelo Programa.

No mix de itens estão incluídos também calçados, bombons, bijuterias e até artigos natalinos. A mostra fica no hall todos os dias, pela parte da manhã, até 29 de novembro. A exposição conta ainda com o apoio da Associação dos Ostomizados do Amazonas (Assoam).

Novos Usuários – A concessão de equipamentos só ocorre para usuários já cadastrados no Paid. Para participar é necessário apresentar documentação pessoal (RG e CPF), comprovante de residência e o resumo de alta pós-operatório, na recepção do Programa, na Policlínica Codajás. Para menores de idade, é exigida também a certidão de nascimento.

De janeiro a setembro deste ano, foram concedidos 41,8 mil equipamentos de auxílio a pessoas com deficiência, beneficiando diretamente cerca de quatro mil usuários da rede estadual de saúde, de acordo com dados do Centro de Processamento de Dados (CPD) do Paid. Aparelhos auditivos, cadeiras de roda, órteses ortopédicas, bolsas de colostomia, entre outros produtos, estão entre os itens dispensados aos pacientes da unidade de saúde, inscritos nos módulos auditivo, estomizado, ocular e ortopédico (que inclui os casos de deficiência física).

Serviço

O QUE: Programação alusiva ao Dia Nacional da Pessoa Estomizada
QUANDO: 12 a 29 de novembro de 2013
HORÁRIO: 8h às 15h
ONDE: Policlínica Codajás (Avenida Codajás nº 26 – Cachoeirinha).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.