Policiais civis do 14º DIP prendem dupla com arma de fogo e drogas no Tancredo Neves

Policiais civis do 14º DIP prendem dupla com arma de fogo e drogas no bairro Tancredo Neves

Manaus, AM – Equipe de investigação do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob coordenação do delegado titular da unidade policial Cristiano Castilho, prendeu, em flagrante, Cristiano Silva dos Santos, 21, e Felipe dos Anjos Pereira, 24, com um revólver calibre 38, munições e substâncias entorpecentes. O fato ocorreu na Rua Dalva de Oliveira, bairro Tancredo Neves, zona Leste da capital.

A prisão dos dois ocorreu às 16h30 de sexta-feira, (1º/12). Conforme o delegado, a ação policial foi realizada após denúncia feita diretamente no 14º DIP, informando que dois indivíduos estariam embalando e comercializando entorpecentes dentro de um prédio abandonado situado naquela área da cidade. “Após a delação, saímos em diligência para averiguarmos as informações recebidas e constatamos a veracidade da denúncia”, disse Castilho.

No local, durante a revista, foi encontrado com os jovens, um revólver calibre 38, oito munições de calibre 38 intactas, 190 kits de entorpecentes contendo pasta de base de cocaína e pedras de oxi, 15 trouxinhas de cocaína, 20 trouxinhas de maconha, duas porções médias de maconha, além de uma balança de precisão.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) foi constatado que Cristiano responde por um crime de homicídio. Felipe possui passagem pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

Cristiano e Felipe foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Ao término dos procedimentos cabíveis no 14º DIP, os jovens serão levados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

Amzmnianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.