Polícia prende em Manaus líder de facão e foragido da cadeia

A prisão, contou com o apio do Grupo Fera

 

A prisão, contou com o apio do Grupo Fera
A prisão, contou com o apoio do Grupo Fera

Manaus, AM – Polícia Civil conseguiu prender rm Manaus, o indivíduo Erick Leal Simões, conhecido como “Cd”, e mais dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira (19) em uma operação deflagrada pela da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai).

Ele é suspeito de liderar uma facção criminosa transnacional que atua em Manaus, no lugar do traficante João Branco, preso em fevereiro deste ano pela Polícia Federal (PF), no Estado de Roraima.

Erick – foragido da operação “La Muralla”, deflagrada pela PF em novembro de 2015 – foi encontrado em uma residência na rua 203, bairro Nova Cidade.  No local, a polícia apreendeu 5 quilos de pasta base de cocaína, que estavam armazenadas dentro de um veículo modelo Corola na garagem. Além de uma metralhadora e munições que estavam escondidas dentro do guarda roupa, no quarto do suspeito.

Junto ao “Cd”, a polícia prendeu Rodrigo Queiroz Muniz, foragido do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no Km 8 da rodovia BR-174, no início de maio. Segundo o delegado, Mário Paulo da Seai, a dupla se rendeu ao perceber a chegada da polícia, contudo, quebraram três aparelhos celulares.

“A residência destoava de outras da área. Está no porcelanato e tinha câmeras de segurança. Tinham também materiais de obra. Há indícios de que CD morava lá”, afirmou o delegado Mário Paulo.

Apoio do Gruo Fera

A operação contou também com apoio do Grupo Fera. “Conseguimos deflagrar a operação em que apuramos umas das várias denúncias que dava conta do paradeiro do traficante Erick Leal Simões, vulgo CD, atualmente um dos líderes da facção. Fomos checar a denúncia, e ao fazer incursos com apoio do Grupo Fera conseguimos realizar prisão do traficante”, disse o delegado.

Após serem interrogados, Cd informou a localização de uma das bases da facção, onde as drogas ficavam armazenadas para futura distribuição e comercialização. O apartamento alugado pelo grupo criminoso, fica em um condomínio de luxo, localizado na avenida Jacira Reis, bairro Dom Pedro.

No local, foi preso Iago Luan Moura com 10 quilos de pasta base de cocaína. Ele foi identificado pela polícia como um dos “gerentes” da facção.

De acordo com o delegado, depois de colhido o depoimento, “Cd” deve ser colocado à disposição da Polícia Federal e será encaminhado a um presídio federal em outro estado brasileiro.

“O procedimento deve ser feito no departamento de repressão ao crime Organizado da Polícia Civil. Serão feitas novas investigações com apoio do Denarc e da DEHS, porque ele é apontado como responsável por vários homicídios, tráfico de drogas e armas. Em seguida será comunicada à Polícia Federal, porque há possibilidade dele ser transferido para um presídio federal, porque ele é foragido da operação La Muralha”, afirmou o delegado.

Amazonianarede-SSP

 

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.