Polícia estoura “Boca da Branca”, em Tabatinga (AM)

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de integrantes da Estratégia Estadual de Segurança Pública na Fronteira (Esfron), coordenados pelo Delegado Márcio André de Almeida Campos, prendeu na tarde dessa segunda-feira (30), em Tabatinga, distante 1.108 km em linha reta da capital, três pessoas envolvidas com tráfico de drogas naquele município.

Maria das Neves da Silva Ortis, 65, o genro dela, Jacksimar Marinho Gomes, 26, e o peruano Anthoni Paiva Ramires, 30, foram presos por volta das 16h, na residência de Maria, localizada na rua Marechal Rondon, bairro São Francisco. Os policiais estavam investigando a movimentação em supostas “bocas de fumo” no lugar quando constataram a venda de entorpecentes no local denominado “Boca da Branca”.

Os policiais observaram que Anthoni vendia as drogas em frente à residência. Ele entrava na casa para buscar a droga e voltava com a mercadoria para os clientes. Na casa foram apreendidas 33 trouxinhas e uma porção de substância entorpecente com características de cocaína em pó, oito celulares, RS 276 em espécie e 20.600 mil pesos colombianos, achados em dois cômodos da residência.

Maria, Jacksimar e Anthoni foram autuados em flagrante por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei 11.343/06). Após os trâmites realizados na base da Esfron, os três foram encaminhados para a Cadeia Pública de Tabatinga, onde irão aguardar julgamento.

Formada por Policiais Civis e Militares, integrantes do Corpo de Bombeiros e Núcleo de Inteligência da Polícia Militar, a Esfron é um plano do Governo do Estado, desenvolvido por meio da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), que busca promover estratégias de combate ao crime organizado na fronteira entre Brasil e Colômbia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.