Polícia Civil prende reincidente em tráfico de drogas no Novo Israel

(Fonte: Assessoria)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do Delegado Titular, Ivo Martins, prendeu, na rua Jericó, bairro Novo Israel, Zona Norte da capital, o comerciante Manoel Adalberto Carvalho de Souza, 34, o “Maneca”, investigado por envolvimento com tráfico de drogas naquela área.

Após denúncia anônima, os policiais prenderam “Maneca” num estabelecimento comercial de propriedade dele, por volta das 17h. No local foram encontradas 30 trouxinhas de substância entorpecente com aspecto de oxi, 12 trouxinhas com aparência de pasta base e uma porção média da mesma substância, além de R$ 84 em espécie, uma balança de precisão, material para mistura da droga e uma câmera utilizada para monitorar o lugar.

Durante a ação, um adolescente de 17 anos, recrutado por “Maneca” para vender entorpecentes, foi apreendido e conduzido à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

O Delegado Ivo Martins ressalta que Manoel Adalberto foi preso na operação “Espião”, deflagrada no dia 25 de junho deste ano pela Polícia Civil. “Na ocasião, seis pessoas envolvidas com tráfico de drogas no Novo Israel foram presas. Dois meses depois, “Maneca” teve a prisão preventiva revogada e ao sair da cadeia voltou a comercializar entorpecentes no mesmo local”, frisou.

Ivo Martins destaca ainda que “Maneca” utilizava o adolescente para vender entorpecentes para ele. “O menor relatou que trabalhava há cerca de três meses com o comerciante e que a cada R$ 200 em drogas que conseguia vender, repassava R$ 150 para o chefe e ficava com o restante”, disse.

No 18º DIP, “Maneca” foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº 11.343/06), além de corrupção de menores (Artigo 218 do Código Penal Brasileiro).

Ao término dos trâmites realizados na unidade policial, Manoel será levado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá aguardar decisão da Justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.