Polícia Civil prende jovem envolvido em vários crimes na cidade horas depois de divulgar a imagem dele

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenados pelo Delegado Titular, Ivo Martins, com o apoio de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), prendeu na madrugada desta sexta-feira (30), Janderson Monteiro da Silva, 18, conhecido como “Buda”, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por envolvimento em roubo, expedido no último dia 23 pela juíza Euliete Melo Silva Tribuzy.

“Buda” foi preso pelos policiais por volta das 4h, em um sítio localizado no ramal do Janjão, Comunidade Lagoa Azul, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

De acordo com o Delegado Ivo Martins, Janderson é considerado de alta periculosidade e está envolvido em diversos crimes na cidade. “Quando ele era adolescente cometeu atos infracionais e cumpriu medidas socioeducativas por participar de roubos, estupro e homicídio, além de ter roubado de cara limpa por três vezes um mercadinho aqui no bairro este ano”, declarou.

Em fevereiro deste ano Janderson completou 18 anos e matou com dois tiros na cabeça, no último sábado (24), o pedreiro José Correia Pinheiro, 53, pai de Frank Rocha Pinheiro, preso no último dia 9 deste mês por envolvimento com o tráfico de drogas, durante a operação “Fox 2”, deflagrada pela equipe de investigação do 18º DIP.

O crime ocorreu por volta das 16h30, na rua Sarah Kubitschek, naquele bairro, e teria sido motivado pela disputa do tráfico de drogas na região, já que a vítima era pai do traficante responsável pela comercialização de drogas naquele local.

“Em menos de 24h da divulgação das imagens de “Buda” conseguimos prendê-lo. Gostaria de parabenizar o excelente trabalho feito pela nossa equipe de investigação, agradecer o apoio incondicional do Grupo FERA nas nossas ações e estender o agradecimento a todos que colaboram com o nosso trabalho, por meio de denúncias e divulgando as imagens desses infratores. É mais um que conseguimos tirar das ruas esse elemento”, destacou Ivo Martins.

“Gostaria de agradecer o trabalho da Polícia Civil pelo esforço em prender o “Buda”. Agora será feita justiça pela morte do meu tio”, declarou o sobrinho da vítima.

Ao término dos procedimentos realizados na unidade policial, “Buda” será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá aguardar julgamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.