Polícia Civil prende dupla investigada por estelionato e uso de documento falso

(Ilustração PC)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), coordenada pelo Delegado Titular, Orlando Amaral, prendeu na manhã desta quarta-feira (13), Anderson Ferreira Abreu, 27, e Thiago Guilherme do Nascimento Pessoa, 22, envolvidos em estelionato na capital.

Eles são suspeitos de aplicar golpes de empréstimos bancários, além de falsificarem documentos. A dupla foi presa na avenida Djalma Batista, bairro Chapada, Zona Centro-Sul, após sair de uma agência bancária localizada num centro comercial naquela área. Anderson e Thiago tentaram sacar R$ 70 mil no lugar, de uma conta aberta por eles utilizando documentos falsos de outra pessoa.

Com eles foram apreendidos documentos falsificados em nome da vítima e um carro modelo Corsa Sedan, de cor preta e placas NOI – 2672, utilizados durante a ação criminosa.

“Começamos a investigar essa dupla logo após o Franklin Moisés, que é comparsa deles, ser preso no último dia 31 de outubro, quando tentava transferir R$ 200 mil de uma agência bancária localizada na Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Na ocasião, Anderson estava com Franklin, mas ele conseguiu fugir”, explicou o Delegado Orlando Amaral.

O Titular da DERFD revelou detalhes de como o trio agia. “Em depoimento, eles afirmaram que ficavam em agências bancárias e pegavam os comprovantes bancários deixados pelos clientes nos locais. A partir desses papéis, eles falsificavam documentos em nomes das vítimas e faziam empréstimos pela internet. Quando aprovado pela agência, eles abriam conta em outro banco e faziam a transferência para a nova conta e depois sacavam a quantia”, declarou Orlando Amaral.

A autoridade policial ressalta ainda que as investigações em torno deste caso irão continuar para descobrir como realmente os suspeitos conseguiam as informações pessoais das vítimas, os documentos falsificados e se existem outras pessoas envolvidas no esquema.

Na delegacia, a dupla foi autuada em flagrante por estelionato (Artigo 171 do Código Penal Brasileiro) e uso de documento falso (Artigo 304 do CPB). Após os trâmites realizados na DERFD, a dupla será conduzida para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá aguardar julgamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.