Parceria entre UGP Copa e INdT permite criação de aplicativos com serviços úteis a turistas e moradores de Manaus

UGP-COPA-Nokia-Foto-Chico Batata

UGP-COPA-Nokia-Foto-Chico Batata

Amazonianarede – Agecom

Manaus – O Governo do Amazonas, por meio da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), e o Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) assinaram na manhã desta sexta-feira (09/11) um protocolo de intenções para desenvolvimento de projetos e anunciaram propostas de aplicativos que serão desenvolvidos a partir de necessidades de Manaus para a realização da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014™.

O evento contou com a presença do governador em exercício, José Melo, que destacou a importância do protocolo para a criação de soluções tecnológicas que facilitem o dia a dia do cidadão e do visitante no período da Copa de 2014. “O protocolo referencia a criação de novas tecnologias pela Nokia a fim de facilitar o acesso aos setores públicos mais demandados”, disse José Melo.

De acordo com o coordenador da UGP Copa, Miguel Capobiango Neto, o Governo do Amazonas tem interesse em desenvolver este modelo de parceria com outras instituições privadas. “Estamos abertos a outras propostas inovadoras. Os interessados podem procurar a UGP Copa para nos propor novas ideias. Nosso objetivo é ajudar Manaus e os visitantes em 2014 e, após o evento, deixar um legado importante para ajudar os cidadãos”, disse o coordenador.

Aplicativos

O INdT anunciou, durante o evento, três propostas de novas tecnologias selecionadas entre seus colaboradores por meio de concurso interno batizado de “Desafio Inovação INdT para a Copa”. As propostas são de aplicativos que oferecem facilidades nas áreas de turismo, mobilidade urbana e segurança. O desafio foi proposto a partir do seguinte questionamento: “O que Manaus tem a oferecer ao mundo?”.

As propostas de aplicativos selecionadas, e que devem estar disponíveis em 2014, são o “Turista e-postal card”, um aplicativo que permitirá ao visitante ou morador da cidade incluir em uma foto um pano de fundo com pontos turísticos de Manaus. A proposta foi desenvolvida pelos pesquisadores Fabiano Marinho e Orange Marques.
O outro aplicativo permite o monitoramento em tempo real do transporte público urbano, desenvolvido pelos pesquisadores Fellipe Rollin, Germano Freitas e Jorge Siqueira. Com objetivo de ajudar os turistas e moradores a planejarem suas rotas e deslocamentos, o aplicativo fornecerá informações sobre rotas, posição atual e estimativa de chegada dos veículos de transporte público em tempo real.

O terceiro aplicativo é para localização de crianças perdidas em locais de grande concentração de pessoas. O pesquisador Fábio Santos propôs um dispositivo (como uma pulseira) que pode ser monitorado e enviar informações como posição, velocidade, distância, e os dados da criança para um aplicativo instalado no telefone dos pais. Em casos de alerta, o aplicativo também sugere possíveis locais para conseguir ajuda, como delegacias e postos policiais.

O diretor-presidente do INdT destacou que o desafio proposto aos colaboradores teve uma grande repercussão no instituto. “Os pesquisadores terão um período de 12 meses para mostrar um balanço do desenvolvimento dos projetos, que estarão disponíveis ao público tão logo sejam concluídos”, afirmou presidente do INdT, Carlos Feitoza.

“As chamadas internas no INdT são sistemáticas, mas esta foi a primeira vez que a realização de um megaevento esportivo foi o ponto de partida para a apresentação de ideias para o projeto”, comenta a consultora de Inovação do INdT, Ana Sena. A parceria para realização do desafio foi articulada pela Câmara Copa Inovadora e Copa Social da UGP Copa, grupos criados pelo Governo do Estado em parceria com outras instituições para desenvolvimento de ações e projetos voltados ao período da Copa 2014. “Nosso objetivo é fomentar e ampliar o legado tecnológico com a realização da Copa no Estado”, ressalta gestor da Câmara Copa Inovadora, Wilkens de Figueiredo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.