Órgãos Municipais e Estaduais discutem estratégias de ação para a cheia

Manaus – O Gabinete de Gestão Integrada Municipal realizou, na tarde dessa quinta-feira, 16, a 6a Reunião Extraordinária do ano com o tema ‘Enchente 2013’. O encontro reuniu representantes da Defesa Civil de Manaus, Defesa Civil do Amazonas, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria Municipal de Abastecimento (Sempab), Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e do Prosamim.

O objetivo foi comparar os dados de cada secretaria em relação à cheia do Rio Negro, o impacto da subida das águas e discutir medidas preventivas.

O nível do Rio Negro, nesta quinta-feira chegou a 28,75m, menor que no ano passado quando, no mesmo dia, a cota medida era de 29,78m. Ainda assim, as autoridades entraram em consenso de que é preciso tomar medidas emergenciais que possam minimizar o impacto da cheia para moradores das áreas com risco de alagamento.

A subida das águas já atingiu cinco bairros da capital: Glória, Educandos, Presidente Vargas, Raiz e São Geraldo. Nestes locais, a Defesa Civil de Manaus construiu 640 metros de Pontes. A previsão é erguer mais 2.241m passagens de madeira nos locais afetados.

A Semuslp também está trabalhando com ação de prevenção e já retirou 2.900 toneladas de lixo dos igarapés urbanos. A Semsa está atuando em ações práticas de orientação à população sobre como evitar o contato com a água. A próxima reunião de análise de tarefas e estratégias do trabalho em conjunto está marcada para quarta-feira, dia 21 de maio, as 14h30 na sede da Prefeitura de Manaus.

A cota prevista pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) é que o rio Negro chegue a 29,46m em 2013.

Texto: Lane Gusmão

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.