Operação “Manaus, centro seguro” começou de madrugada

A Prefeitura de Manaus, através da Secretaria Extraordinária do Centro de Manaus e a participação efetiva da Secretaria de Segurança Pública do Estado, através da Polícia Civil, iniciou nesta madrugada uma intensa e minuciosa fiscalização no centro histórico de Manaus, denominada de “Manaus, centro seguro”, de olho no funcionamento dos hotéis.

Após quatro meses de investigação, a operação realizada na manhã desta sexta é coordenada pela Polícia Civil e Secretaria Extraordinária do Centro de Manaus, além de envolver mais 30 órgãos do governo do Estado e Prefeitura, além do ministério público, Polícia Federal, Polícia Militar, Amazonas Energia, Manaus Ambiental, empresas de comercialização de sinal de televisão a cabo.

De acordo com a delegada Márcia Araújo, titular da delegacia seccional sul, durante as investigações através das câmeras de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), foi possível verificar que muitos hotéis do Centro funcionam como ponto de preparo e venda de drogas, local de prostituição além de servirem de abrigo para moradores de rua.

“Num primeiro momento muitas pessoas foram encontradas sem documentos de identificação. Alguns locais não oferecem condições de segurança para os usuários e podem ser lacrados”, ressaltou a delegada.

A operação foi acompanhada no início pelo Prefeito de Manaus, Arthur Neto. Nas primeiras horas um detento da fuga do Ipat foi recapturado e cinco envolvidos com tráfico de drogas presos.

Uma equipe da Polícia Civil encontrou materiais utilizados para o refino de entorpecentes dentro das dependências da Pousada Rio Negro, localizada na rua Quintino Bocaiúva, Zona Sul de Manaus. Trouxinhas e porções de drogas também foram encontradas em outros hotéis da área central da cidade.

Durante a operação vários estabelecimentos foram interditados em função das várias e diferentes irregularidades encontradas, a começar pela falta de higiene, drogas, falta de equipamentos de segurança, exploração sexual de mulheres e outras anormalidades.

(Amazonianarede – Redação)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.