Oitava edição do projeto Circuito da Ciência comemora aniversário de criação do Inpa

Amazonianarede/Inpa/ Josiane Santos

Manaus – O INPA comemora com a proposta de servir como ferramenta de popularização da ciência, o Circuito da Ciência contribui no cumprimento da missão do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) que é gerar e disseminar o conhecimento e tecnologia. O Projeto Circuito da Ciência promoveu, sábado, a sua oitava edição do ano em comemoração aos 60 anos de criação do Instituto. O evento aconteceu no Bosque da Ciência do Inpa com a presença de estudantes das escolas municipais Antônio Matias Fernandes e Nestor José Soeiro do Nascimento; e das escolas estaduais Profª. Roxana Pereira e Manoel Rodrigues de Souza, que participaram de atividades socioambientais, oficinas educativas e exposições.

O estudante Gabriel da Ninfa Rodrigues da 6ª série do ensino fundamental garante que o conhecimento teórico e prático aprendido ajuda aprimorar no entendimento da ciência. “Na prática é mais fácil nós distinguirmos as coisas. Na escola, de certa forma aprendemos, mas é na teoria. Aqui é um aprendizado a mais, porque no Circuito tem aula teórica e prática, e é bem mais divertido. Depois, nós incrementamos lá na escola”, afirmou.

Assim como Gabriel, os demais estudantes das quatro escolas participantes puderam aprender métodos de controle às doenças tropicais (malária e dengue), leishmaniose; conhecer a importância dos invertebrados terrestres vivos, insetos aquáticos, tartarugas da Amazônia e métodos para melhor a saúde e alimentação por meio das oficinas de saúde Bucal (Uea-Ufam), com posição certa da UniNiltonLins, com postura da Fametro, projeto do Uninorte ‘despertando a consciência’, resíduos sólidos/Semmas, fitoterápicos-óleos amazônicos da UniCel; além oficinas diversas como o clube de Ciências da Ufam, gestão de resíduos da Moto Honda, sala de ciências (Sesc), exposição nipo-brasileira: atividades ambientais no Amazonas, exposição com pirogravuras em papel reciclado, grupo de escoteiro Amazonas, e o Projeto ‘Caracterização da temperatura relativa do ar na Zona Leste de Manaus, Amazonas’ (CEMEJA Prof. Samuel Isaac Benchimol – S.J. Operário) do PCE.

Segundo o coordenador do Circuito da Ciência, Jorge Lobato, a oitava edição foi especial, pois juntou dois importantes eventos, que foi o encerramento das atividades da Semana Nacional de C&T e o início das comemorações de criação do Inpa, e o projeto Circuito da Ciência é uma das ferramentas importantes de difusão das pesquisas realizadas pelo Instituto. “Nesse tempo de realização do Circuito, demonstra uma maturidade muito grande no âmbito das atividades que já foram realizadas ao longo desses anos, onde o Instituto promove essa grande ação em nome da popularização da ciência. Nesse tempo foram mais de 40 mil estudantes envolvidos em mais de uma década”, ressaltou.

O Circuito da Ciência é uma realização do Inpa com patrocínio das empresas Petrobras , Moto Honda da Amazônia e Magistral e com apoio do Governo do Estado do Amazonas (Seduc), Prefeitura de Manaus (Semed, Semsa, Semulsp), Museu da Amazônia (Musa), Associação Amigos do Peixe-Boi (Ampa), Projeto Tartarugas da Amazônia, Associação dos Servidores do Inpa (Assinpa), Lapsea/Inpa, Sesc, Sesi, Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), Universidade Nilton Lins (UniNiltonLins), Faculdade Literatus (UniCel), Centro Universitário do Norte (Uninorte/Laureate), Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (VEMAQA), Instituto Irmanar e BROTHERS.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.