No voo inaugural moderno Airbus da TAM pousou pela manhã no Eduardo Gomes

Airbus da TAM, pousa no Eduardo Gomes, em voo inaugural

 

Airbus da TAM, pousa no Eduardo Gomes, em voo inaugural
Airbus da TAM, pousa no Eduardo Gomes, em voo inaugural

Amazonas – “Embarque aberto. Vamos arrasar nesse voo de estreia, pessoal!” A frase dita por uma das comissárias ecoou pelo sistema de som e resume um pouco do que foi o voo inaugural do novíssimo Airbus A350-900 XWB, o primeiro das Américas. A aeronave ainda recebia os últimos preparativos enquanto uma dezena de jornalistas se esforçava em capturar os melhores ângulos de sua cabine.

O “gigante do ar”, que pode transportar até 35º passageiros, com absoluto conforto, pater5risou em solo amazonense, com um pouso sensacional no Eduardo Gomes, neste segunda pela Manhã, num voo inaugural, iniciado em São \Paulo, que aniversariava;

A  aeronave  A350 prefixo PR-XTA é a primeira das 27 aeronaves do modelo encomendadas pela LATAM, uma das primeiras empresas do mundo a operá-lo, e iniciou voos diários entre Guarulhos e Manaus. A rota doméstica é temporária e tem como função permitir o treinamento e familiarização da tripulação e das equipes de solo da companhia. A partir de maio o equipamento vai operar as rotas internacionais entre São Paulo e Miami (entre 16/3 e 1/4), Madri (a partir de 4/4), Nova York e Orlando (a partir de 22/7).

A convite da TAM o Melhores Destinos fez o voo inaugural de São Paulo até Manaus. Conheça  em detalhes todas as novidades das classes econômica e executiva dessa moderna aeronave nesse review exclusivo de nossos enviados especiais Denis Carvalho e Leonardo Cassol!

Tecnologia

A primeira impressão ao ingressar no A350 XWB é muito positiva. Além de ser bonito por fora, com suas linhas arrojadas e a janela frontal característica, o interior da TAM ficou agradável, com cores suaves e discretas.

A companhia brasileira é a quarta do mundo a receber e operar o Airbus A350 XWB. Até 2021 devem ser entregues 27 aviões do modelo, com investimento de US$ 7 bilhões a preços de tabela. Em setembro, o Grupo LATAM trocou seis aviões A350-900 por seis A350-1000, pela sua maior capacidade de transportar passageiros.

A atual pintura no padrão TAM, contudo, será restrita aos três primeiros aviões, já que a partir da quarta aeronave, prevista para ser entregue em junho, todas terão a nova livery da Latam, companhia que substituirá TAM e LAN.

O Airbus A350 pode transportar até 350 passageiros e é a aposta da fabricante europeia para concorrer em tecnologia com o inovador Boeing 787 Dreamliner. Comercialmente, a aeronave, configurada pela TAM para transportar 348 passageiros, tem o objetivo para tomar espaço do Boeing 777 e do Boeing 747. Todos os modelos do novo Airbus possuem um alcance mínimo de 8 000 milhas náuticas (15 000 km).

O avião mede quase 74 metros de largura e 17 de altura, tem um design com curvas suaves e traz muitas novidades perceptíveis pelos passageiros:

Maior conforto na aeronave
Maior conforto na aeronave

Melhor qualidade do ar: o novo sistema renova o ar dentro da cabine a cada 2-3 minutos sem o desconforto de correntes de ar e mantendo a temperatura estável em toda a cabine. A melhor pressurização reduz o desconforto, tornando a viagem menos cansativa.

Mais conforto na cabine: cada poltrona da classe econômica tem 2,5 cm adicionais (total 45,72cm) de largura em relação aos assentos de aviões da mesma categoria. As janelas são bem maiores. O nível de ruído é menor que em outras aeronaves.

Iluminação especial em LED: as lâmpadas em LED com 16,7 milhões de cores que oferecem uma iluminação muito mais confortável, diferente a cada etapa de voo.

Mais espaço para bagagens: os compartimentos acima dos assentos podem acumular malas maiores ou mais de um volume por passageiro.

Mais leve e eficiente: parte da fuselagem da estrutura e da asa, cauda e portas é produzida com polímeros à base de fibra de carbono, deixando o avião mais leve, econômico e resistente a fadiga. Os novos e modernos motores Rolls-Royce Trent XWB são determinantes para a maior eficiência do modelo.

Mais sustentação e menos trepidação: a ponta das asas tem formato dobrado (winglet) com a função de reduzir a trepidação e o arrasto, além de melhorar a sustentação.

Economia

Para se ter uma dimensão melhor da economia, o novo A350 chega a gastar 25% menos combustível que o Boeing 777 e terá um custo operacional até 8% menor que um Boeing 787, modelo também operado pela TAM. É por isso que os A350 vão substituir o atual modelo de alta capacidade utilizado pela empresa.

Os banheiros contam com um controle digital de temperatura da água da pia e com um espelho iluminado. O display de aviso de atar os cintos, não fumar e não utilizar equipamentos eletrônicos também foi totalmente remodelado.

Mas não é só para os passageiros que o A350 apresenta novidades. Na cabine dos pilotos os manetes foram substituídos por 6 telas de comando. O manche também foi substituído por sidesticks (como nos videogames), para facilitar a pilotagem. Além disso, o avião é o único que possui 12 tubos pitot no seu bico, usados para medir a velocidade e o ângulo de voo.

Para o Comandante Bruno “Harley” Menezes, Diretor de Operações e Treinamento, escalado pela TAM para acompanhar os jornalistas, a adaptação de um piloto de A330 para um A350 é muito rápida. “Apesar das inovações, ainda há muita similaridade nos comandos de todas as aeronaves Airbus”, afirmou o experiente aviador.

A tripulação conta com espaços especiais para descansar durante o voo, os chamados “sarcófagos”. No novo A350 eles ficam na parte central (2 camas) e nos fundos (6 camas) da cabine.

Maior espaço no salão de passageiros
Maior espaço no salão de passageiros

O voo inaugural

O voo JJ 3408 de Guarulhos para Manaus iniciou sua jornada com uma hora de atraso. Prevista para as 9:30, a decolagem só ocorreu às 10:40. Segundo o comandante, o motivo foi a troca da aeronave e a demora no carregamento, já que o A350 tem maior capacidade de carga. “Mas com certeza o atraso vai valer a pena”, disse, antes de enumerar alguns dos detalhes do novo avião.

Para não perder nenhum detalhe deste voo histórico, nossa equipe voou na Premium Business (poltrona 1G) e na Econômica (poltrona 23C), com direito a muitas fotos! Conheça a nova configuração das cabines da TAM presentes na aeronave e saiba como foi o voo inaugural!

Classe Executiva

A configuração dos assentos da Premium Business é 2 x 2 x 2, com seis assentos por fileira. A cabine ficou bem elegante. As poltronas-cama tem acabamento em tecido em tons de cinza escuro e vermelho. O descanso para os pés (ottoman) tem acabamento em couro vermelho.

Cabine de comando confortável

Cabine de comando, confortável

Os assentos da classe executiva reclinam 180 graus (full flat). Ficaram mais espaçosos, bonitos e confortáveis que os dos Boeing 777 e 767 e infinitamente melhores que os dos Airbus A330 operados pela TAM. Foi um grande avanço em todos os aspectos.

Um ponto negativo é que configuração 2 x 2 x 2 não assegura acesso ao corredor a quem estiver sentado nas janelas e oferece menos privacidade que o formato 1 x 2 x 1 adotado por concorrentes como a Qatar (primeira a operar o A350) e American Airlines (na nova configuração de seus B787 e B777). Ainda assim, dá pra esticar as pernas e desviar do vizinho numa boa, caso dê vontade de ir ao banheiro no meio da noite.

Os controles de reclinação ficam no console que divide os assentos e têm acabamento em aço escovado. O apoio para copos é de madeira. Os assentos contam ainda com uma luminária individual retrátil.

A TAM adotou um novo sistema de entretenimento de última geração. A tela touch screen de 18 polegadas ficou bem maior e com mais definição, por conta do uso de fibra óptica. Há um controle remoto bem simples que permite utilizar o sistema mesmo com o assento reclinado ou em posição cama. O sistema operacional é novo e foi inspirado no IOS (utilizado nos celulares da Apple), permitindo a interação com os dispositivos pessoais, como celulares, tablets e computadores, através no TAM Entretainment via WI-FI. A quantidade de conteúdo disponível, no entanto, não é diferente das demais aeronaves operadas pela empresa.

Os controles de reclinação ficam no console que divide os assentos e têm acabamento em aço escovado. O apoio para copos é de madeira. Os assentos contam ainda com uma luminária individual retrátil.

A TAM adotou um novo sistema de entretenimento de última geração. A tela touch screen de 18 polegadas ficou bem maior e com mais definição, por conta do uso de fibra óptica. Há um controle remoto bem simples que permite utilizar o sistema mesmo com o assento reclinado ou em posição cama. O sistema operacional é novo e foi inspirado no IOS (utilizado nos celulares da Apple), permitindo a interação com os dispositivos pessoais, como celulares, tablets e computadores, através no TAM Entretainment via WI-FI. A quantidade de conteúdo disponível, no entanto, não é diferente das demais aeronaves operadas pela empresa.

O ponto negativo é que a aeronave não oferece acesso a internet. Isso não é uma limitação do avião, mas sim uma decisão de configuração da companhia aérea. Uma pena um equipamento tão novo não oferecer internet a bordo para os passageiros!

Classe Econômica

A configuração dos assentos é 3 x 3 x 3, com nove poltronas por fileira. É a similar a utilizada pela Qatar em seu A350. As poltronas das fileiras próximas às janelas têm acabamento em tecido azul e a fileira central em tecido vermelho. Os tons são suaves. O encosto para a cabeça é ajustável e mais escuro que o restante da poltrona.

A poltrona reclina bastante, trazendo um pouco mais de conforto para quem quer relaxar ou dormir durante o voo. O apoio para os pés. Dentro dos padrões de uma classe econômica, os assentos são confortáveis e oferecem bom espaço. Há um pequeno apoio para os pés flexível. Vale destaque a nova disposição dos enormes bagageiros, que contam com sistema de abertura suave.

Diversão e informação, durante o voo
Diversão e informação, durante o voo

A TAM adotou um novo sistema de entretenimento de última geração. A tela touch screen tem 9 polegadas e uma ótima definição. O sistema operacional é novo e foi inspirado no IOS (utilizado nos celulares da Apple), permitindo a interação com os dispositivos pessoais, como celulares, tablets e computadores, através no TAM Entretainment via WI-FI. A quantidade de conteúdo disponível, no entanto, não é diferente das demais aeronaves operadas pela empresa.

Dois pontos negativos: as telas de entretenimento são fixas. Se o passageiro da frente reclina a poltrona você praticamente é obrigado a fazer o mesmo, ou o ângulo da tela torna difícil assistir qualquer coisa. Além disso, o avião não possibilita acesso à internet. Isso não é uma limitação do avião, mas sim uma decisão de configuração da companhia aérea.

O bagageiro mais estreito fez com que as luzes de leitura e de sinalização ficassem sobre o assento da janela, bem distante do passageiro do corredor. Mas o acionamento é feito por meio da tela touch. A luz de leitura ficou bem mais fraca, o que pode ser bom para quem se incomodava com a claridade nos voos noturnos, e ruim para quem espera maior luminosidade para leitura, por exemplo.

O voo foi bastante tranquilo e o avião de fato oferece uma redução no ruído. A primeira impressão, contudo, é que o Boeing 787 é um pouco mais silencioso.

Todos os passageiros receberam uma tag de mala comemorativa do A350 – a mesma oferecida aos que participaram da visita do modelo ao Brasil no ano passado.

Após o pouso, batismo com jatos de água para saudar a chegada do novo avião e aplausos de todos os passageiros.

A aeronave oferece uma experiência de voo muito agradável para todos os passageiros. Os avanços tecnológicos são muito importantes e bem vindos, e vão trazer mais conforto aos passageiros das rotas de longo curso da TAM. É bom saber que em breve poderemos contar com inúmeras aeronaves A350 nos voos partindo do Brasil.

E aí, o que acharam da novidade?

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.