No primeiro dia de fiscalização duas casas noturnas foram interditadas em Manaus

Amazonianarede – Redação

Manaus – Logo nas primeiras horas da fiscalização colocada nas ruas pela Prefeitura de Manaus para verificar as condições de funcionamento das chamadas casas noturnas da capital, várias irregularidades foram encontradas e por isso, algumas autuações aplicadas, inclusive com interdição.

O prefeito em exercício, vereador Bosco Saraiva, acompanhou os primeiros momentos da fiscalização que conta com a participação do Corpo de Bombeiro, e tudo para evitar acidentes,. Como a tragédia que ocorreu na cidade gaúcha de Santa Maria, com mais de duzentos mortos e dezenas de feridos.

Na blitz, foram interditadas hoje pela manhã All Night Pub, uma das principais boates da cena rock na capital, localizada na Zona Centro-Sul.

O Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) lacrou o estabelecimento durante a operação. Outra casa noturna, esta localizada na Avenida Djalma Batista, também foi fechada. Segundo a Prefeitura de Manaus, a boate não possuía licenças ambiental, da Semef e do Corpo de Bombeiros, além de outras irregularidades que infringem normas de segurança.

Segundo a diretora-técnica da Semmas, Aldenira Queiroz, as licenças estavam vencidas além da falta de equipamentos, como extintores de incêndio. Os infratores poderão recorrer e conseguir colocar as casas em ordem para que possa ocorrer as reaberturas.

A diretora técnica-operacional da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Aldenira Queiroz, constatou que a licença do local venceu em 2009. Além disso, foi observada a ausência de um extintor de incêndio, além de outro equipamento estar descarregado, o que, segundo o prefeito em exercício Bosco Saraiva, configura como irregularidade grave. “A licença nova está em trâmite desde 2009, mas nunca recebemos. Agora temos 48h para recorrer e conseguir contornar esse problema para que a casa funcione normalmente já neste fim de semana”, defendeu-se o dono do bar, Walter Henrique.

A vistoria ainda passou pelas instalações do Porão do Alemão, localizado na Zona Oeste de Manaus. Segundo Aldenira Queiroz, o único problema observado no local foi a ausência de isolamento acústico em alguns pontos do bar. “Não estávamos cientes dessa situação, mas vamos regularizar tudo até a quarta-feira (30). Fora isso, não temos problemas com saídas de emergência nem extintores. O Porão tem todos os alvarás em dia”, afirmou o proprietário da casa, William Lauschner.

A decisão de fiscalizar as casas noturnas de Manaus foi tomada após a tragédia na boate Kiss, na cidade gaúcha de Santa Maria no último domingo (27), quando 231 pessoas morreram devido a um incêndio.

Além do Porão do Alemão e do All Night, a Prefeitura fará avaliações nesta segunda-feira nas casas noturnas Musique Nuit e Casa das Primas, que, de acordo com o prefeito em exercício, tem características semelhantes a da boate que foi atingida pelo incêndio no Rio Grande do Sul. Saraiva informou ainda que, aproximadamente, cem casas noturnas serão vistoriadas até a quarta-feira (30), quando o prefeito Artur Neto retorna de viagem.

“Serão formados seis grupos para vistoriar estes locais em todas as zonas de Manaus. Queremos mostrar para os pais que essas casas podem ser frequentadas por seus filhos”, garantiu.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.