Nacional vence o Holanda de virada por 3 a 2 e encosta no R. Negro

Nacional vence o Holanda de virada por 3 a 2 e encosta no R. Negro

Manaus, AM – Nacional e Holanda protagonizaram uma partida aberta em que o placar foi definido somente nos acréscimos. Após sofrer virada, no Naça se recuperou e venceu o Laranja por 3 a 2, com gol marcado aos 49 minutos do segundo tempo.

O destaque da partida, realizada nesta terça, às 21h, no estádio Ismael Benigno (Colina), em Manaus, foi o atacante Jefferson Araújo, que marcou dois gols nacionalinos – o outro foi marcado por Alan Bahia. Marinho, também se destacou com os dois gols da Laranja.

Com resultado, Nacional chega à sua segunda vitória, em dois jogos, e fica em segundo lugar no Campeonato Amazonense, com os mesmos seis pontos do Rio Negro, que tem melhor saldo de gols. Já o Holanda amarga a segunda derrota seguida. Na próxima rodada, dia 26, o Leão da Vila Municipal encara o Fast. Já o Laranja joga contra Galo, no dia 25.

 O jogo

O jogo começou com o Nacional em cima, tentando confirmar o favoritismo. O gol saiu cedo, com uma bela cobrança de falta de Alan Bahia, mas após o tento, o Nacional mudou de postura, chamou o Holanda para o seu campo de defesa e contou com a sorte quando faltou pontaria para os atacantes do Laranjão.

Mesmo em perigo, o Leão subia perigosamente nos contra-ataques, principalmente pela esquerda, com Junior Bolt. A sorte não durou até o fim do primeiro tempo, quando Marinho aproveitou o rebote do goleiro e empatou aos 46 do segundo tempo, após cruzamento na área.

No segundo tempo, os papéis se inverteram de vez. O Holanda partiu pra cima e criou as melhores chances, com direito a bola na trave e pressão intensa no início. Pressão essa premiada com um gol de Marinho aos 26 minutos, após um escanteio, virando o jogo.

Precisando reagir rápido, o Nacional foi pra cima e nem sofreu tanto para conseguir o empate. Na sequência, em uma jogada rápida pela esquerda, Tiago Bastos acertou um cruzamento na medida pra Jefferson empatar.

Assustado com o gol e já chegando ao esgotamento físico, o Holanda acabou sofrendo com as bolas longas do Nacional. Após o gol anulado de Junior Bolt, em posição de impedimento, era previsível que o Nacional tinha grandes chances de conseguir a virada, que veio dramaticamente aos 49 minutos, quando Jackie Chan invadiu pela esquerda, cruzou para o meio, a bola bateu na zaga e sobrou para Jefferson, que acertou um belo chute rasteiro no canto do goleiro, sacramentando a vitória nacionalina, em uma virada espetacular.

Amazonianarde-GE

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.