Mulher é presa por falsificar documentos com o nome da primeira-dama Nejmi Aziz

Manaus – A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira, 10 de maio, a estelionatária Maria Raimunda Cretudes de Souza, acusada de enganar oito pessoas com a “promessa” de aquisição de imóveis no Conjunto Cidadão X, localizado na zona oeste de Manaus.

Maria Cretudes se passava por uma funcionária da Superitendência Estadual de Habitação do Amazonas (Suhab), com o documento de “Autorização para Ocupação de Imóvel” contendo uma assinatura falsa da primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz.

Para a adquirir as casas, as vítimas eram obrigadas a pagar entre R$ 6mil e 10 mil reais para obter o imóvel. O crime foi praticado entre 17 de abril e 3 de maio, deste ano. Após denúncias das vítimas à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, localizada no bairro da Alvorada I, foi feita um trabalho de busca da acusada, que foi encontrada na tarde desta sexta-feira no centro da cidade.(Assessoria)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.