Maués sedia Dia de Campo sobre cultura da bananeira

Maués, terá dia de campo neste sabado
Maués, terá dia de campo neste sabado
Maués, terá dia de campo neste sabado

Maués, AM – O município de Maués, no interior do Amazonas, sedia neste sábado, 12 de setembro, o Dia de Campo intitulado A cultura da bananeira: tratos culturais, colheita, pós-colheita e uso da banana na alimentação. O evento, que acontece na comunidade Rio Paricá, no sítio Boas Vindas, de propriedade do agricultor Adeilson Gomes, é uma promoção da Embrapa Amazônia Ocidental e Prefeitura de Maués.

No sítio Boas Vindas foi instalada há cerca de um ano uma Unidade Demonstrativa (UD) com o plantio da cultivar de banana BRS Prata Caprichosa que, além de mais produtiva, é resistente à sigatoka-negra, sigatoka-amarela e mal-do-panamá, alguns dos principais problemas que afetam a cultura. Na UD, também foram realizadas todas as práticas recomendadas pela Embrapa para o cultivo da bananeira.

Conforme o supervisor do Campo Experimental da Embrapa em Maués e um dos coordenadores do evento, José de Ribamar Cavalcante Ribeiro, os resultados da UD têm animado os agricultores. “O resultado está sendo excelente, e até por isso queremos mostrar para toda a classe produtora como o uso de tecnologias e as boas práticas de produção são importantes para potencializar a produtividade da banana.

Os produtores plantavam antes do jeito deles e, agora, com o uso de tecnologias e da cultivar BRS Caprichosa, a produtividade está quatro vezes maior. As plantas estão com um rendimento maior de cacho e os frutos estão melhores apresentados”, destacou.

O tema do dia campo, em Maués, será cultivo da banana
O tema do dia campo, em Maués, será cultivo da banana

O Dia de Campo A cultura da bananeira: tratos culturais, colheita, pós-colheita e uso da banana na alimentação conta com apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam/Maués).

São instrutores do evento a técnica da Embrapa Amazônia Ocidental, Maria William Cardoso Néo, a extensionista do Idam, Rosilda Bentes, e os pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental, Luadir Gasparotto e José Clério Rezende Pereira, que também é um dos coordenadores do Dia de Campo.

Projeto

A Unidade Demonstrativa com as boas práticas para a cultura da bananeira que foi implantada na propriedade do agricultor Adeílson Gomes integra um projeto de diversificação da agricultura de Maués, que estava basicamente focada na cultura do guaranazeiro. Iniciado a partir de mobilizações realizadas em agosto de 2014, o trabalho agora apresenta seus primeiros resultados.

O agricultor Adeílson Gomes, quando do lançamento do projeto, já previa o sucesso que o uso de tecnologias poderia gerar para a comunidade. “O pessoal estava cansado de trabalhar tanto e ter pouco resultado. Com essas tecnologias que chegam da Embrapa, sem dúvida a situação vai melhorar muito. E esse conhecimento que chega ninguém vai tirar de nós. Vamos trabalhar muito para que o nosso povo possa produzir de forma mais digna”, disse Gomes.

Programação-

8h – Recepção e credenciamento;

8h30min – Abertura e apresentação dos participantes;

8h45min – Visita às estações;

Estação I: Técnicas culturais na cultura da bananeira, sob responsabilidade do pesquisador Luadir Gasparotto;

Estação II: Colheita e pós-colheita da banana, sob responsabilidade do pesquisador José Clério Rezende Pereira;

Estação III: Diferentes formas de utilização da banana na culinária Amazônica, sob responsabilidade das técnicas Maria William Cardoso Néo e Rosilda Bentes;

13h – Encerramento

Amazonianarede-Kennedy LYra

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.