Manauscult abre inscrições para oficina sobre filme-ensaio

(Foto: Divulgação)

Dando sequência ao programa de capacitação no segmento cultural, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) abriu inscrições para a oficina ‘Filme-ensaio: O cinema pensante’, que será realizada entre os dias 9 e 13 de setembro, no prédio do Paço Municipal, no Centro histórico.

A oficina, que será ministrada pelo profissional multimídia Sávio Stoco, irá abordar o gênero cinematográfico conhecido contemporaneamente como ‘filme-ensaio’, em suas singularidades e variações no trabalho de diretores internacionais (como Harum Farocki, Chris Marker, Thrin T. Minh-ha e Alain Resnais), assim como brasileiros (João Moreira Salles, Arthur Omar e Jairo Ferreira) e também amazonenses (Roberto Evangelista, Luiz Maximino de Miranda Corrêa e Roberto Kahane).

Conceitualmente, pretende-se introduzir questões ligadas a análise fílmica, ensaio literário e história do documentário cinematográfico.

A oficina é direcionada a realizadores audiovisuais, artistas, pesquisadores, cinéfilos ou qualquer interessado em audiovisual. São oferecidas vagas para duas turmas, em horários diferentes, entre os dias 9 e 13 de setembro, com carga horária de 16 horas, distribuídas em quatro encontros, cada um com quatro horas de duração.

Para se inscrever, é necessário enviar a ficha de inscrição preenchida – e que está disponível no site da ManausCult – para o email [email protected] até às 17h do dia 3 de setembro.

Maiores informações: manauscult.manaus.am.gov.br – 3215 3120

Quem é Sávio Stoco

Mestrando em Artes Visuais pela Unicamp com projeto de reflexão e criação abordando o gênero ‘filme-ensaio’. Especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação (Senac) e em Produção, Direção e Criação em Cinema (Uninorte). Graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (2008). Integrante do Núcleo de Antropologia Visual (Navi) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e o grupo História da Experimentação no Cinema e na Crítica (USP). Em 2010 ganhou a Bolsa Funarte Reflexão Crítica em Mídias Digitais. No ano seguinte, menção honrosa no Prêmio Cosme Alves Neto – categoria Ensaio sobre Cinema no Prêmios Literários Cidade de Manaus (concurso nacional). Atualmente desenvolve também o projeto Crítica do Audiovisual Brasileiro: Leituras Regionais – Bolsa Biblioteca Nacional/Funarte de Circulação Literária.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.