Manaus realiza passeata alertando para o desaparecimento de crianças no Brasil

(Foto: Facebook)

No próximo dia 1º de dezembro o Grupo de apoio do Facebook Todos Juntos por João Rafael Kovalski realizará uma passeata em forma de protesto para lembrar chamar atenção pra o desaparecimento de crianças no Brasil, em especial o do pequeno João Rafael Kovalski, 2, que está desaparecido desde agosto deste ano.

O evento será às 15h, no calçadão da Praia da Ponta Negra.

A criança foi raptada do quintal de sua casa, no Paraná, e desde então a família não soube nenhum paradeiro e nem informações. A família de João Rafael não tem condições financeiras de divulgar o desaparecimento na mídia e tem usado as redes sociais para tentar chegar ao seu paradeiro.

Os estados de Curitiba, Goiânia, Brasília, Fortaleza ,São Paulo e Rio de Janeiro já realizaram a passeata e até o momento nenhuma pista foi encontrada. Um dos objetivos da mobilização é cobrar respostas das autoridades para os desaparecimentos de crianças no Brasil, e a criação de uma lei que cobre das emissoras de televisão, pelo menos, cinco minutos em horário nobre para divulgação de fotos de pessoas desaparecidas.

Segundo a mãe da criança, Lorena Cristina Conceição Santos, 32, que faz um relato diário sobre as buscas pelo filho em uma página na rede social, a irmã gêmea de Rafael também está sentindo muito com a ausência do irmão, e não se alimenta direito. “Ela pergunta todos os dias pelo irmão, procura em baixo da cama, nos cômodos da casa. Acorda todos os dias chorando, beija a foto do irmão. Quem puder nos ajudar, desde já agradecemos o apoio”, disse.

Quem estiver interessado em compartilhar informações, ou ajudar nas buscas de João Rafael, pode ir até o endereço www.facebook.com/todosjuntosporjoaorafaelkovalski.

Os pais da Shara Ruana Nascimento dos Reis, desaparecida desde o dia 28/11/2007 na cidade de Manaus também estarão com outras mães de desaparecidos do Amazonas para pedir que seja criada uma Delegacia Federal Especializada em Crianças Desaparecidas em esfera Nacional.

O Tráfico de bebês e crianças no Brasil é de 40 mil por ano. O Governo Federal tem que criar uma lei severa aos traficantes de pessoas e também criar uma Delegacia Federal Especializada em Crianças Desaparecidas. Diz uma das organizadoras Alessandra Vasconcelos (Ass. De Juíz do TRT).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.