Mais de 2 mil jovens peregrinos do Amazonas estarão na Jornada com o Papa Francisco

Manaus – Com os preparativos iniciados em agosto do ano passado, a Arquidiocese de Manaus deverá participar da 38ª Jornada Mundial da Juventude com a presença do Papa Francisco no Rio de Janeiro, a começar no final da próxima semana, com a participação de mais de dois milhões de jovens de todo o mundo que já estão chegando à cidade maravilhosa.

De acordo com o coordenador da Comissão da Arquidiocese de em Manaus, Edney Santos, que integra os municípios de Manaus, Novo Airão, Careiro da Várzea, Manacapuru e Rio Preto da Eva, enviará uma delegação de 1.504 jovens peregrinos para essa jornada cristã e alerto para o fato de que muitos jovens já estão no Rio e diariamente estão viajando, mas o grosso da caravana deverá viajar entre os dias 20 e 22.

Segundo Edney, serão 65 grupos de jovens peregrinos da Arquidiocese que estarão nessa jornada com o Papa Francisco.

Considerando as demais dioceses e prelazias do Amazonas, onde essa coordenação não tem dados precisos, ele acredita que o Amazonas possa participar com uma delegação de mais de 2.200 jovens nessa jornada cristão com o Papa Francisco, levando em conta que as quadro dioceses existentes no Amazonas e as dioceses Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Alto Solimões e as prelazias de Borba, Coari, Itacoatiara, Tefé e Humaitá, também se organizaram e enviarão as suas delegações para o grande evento cristão.

“Não tenho nenhuma dúvida que o Amazonas terá uma grande delegação nessa Jornada Mundial da Juventude com o Papa Francisco no Rio de Janeiro e posso afirmar, que a ansiedade para esse encontro é muito grande” – enfatizou.

Trabalho e organização

Para o Portal Amazonianarede, Edney Santos, frisou que o trabalho para a organização da participação amazonense com os jovens peregrinos na Jornada Mundial da Juventude que acontecerá no Rio teve início em agosto do ano passado. “Tivemos muito trabalho na organização, mas foi muito prazeroso e tudo está saindo de acordo com o que planejamos” – disse o coordenador peregrino.

Para ele, a parte principal e mais trabalhosa não foi o convencimento dos jovens para a participação da Jornada e sim, conseguir os meios para chegar até o Rio. “Essa foi à parte mais trabalhosa, mas no final, tudo deu certo e estaremos lá na Jornada com o Papa Francisco representando a juventude católica peregrina do Amazonas. 

Segundo ele, todas as paróquias de Manaus organizaram os seus grupos de jovens e durante todo esse tempo fizeram de tudo para conseguir os recursos financeiros para as passagens, uma vez que a hospedagem ficará por conta da organização do evento no Rio de Janeiro, com os jovens se hospedando em escolas, residências de católicos que estarão oferecendo vagas.

Para conseguir os recursos, Edney frisou que os jovens com o apoio das paróquias foram incensáveis e realizaram muitas promoções para angariar fundos, como feijoadas, bingos, quermesses, rifas, arrais e o que mais se possa imaginar para que o objetivo fosse alcançado e no final, tudo aconteceu como era esperado.

Orientação de Dom Castriani

No domingo, dia 9, o arcebispo metropolitano de Manaus Dom Sergio Castriani, reuniu com os jovens para um momento de preparação para a grande Jornada, num momento de catequese, animação e adoração. O encontro ocorreu no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, no bairro de Santo Antonio, com grande participação.

Naquela ocasião, Dom Castriani alertou que a importância dos jovens peregrinos é uma boa participação na Jornada com a presença do Papa Francisco e retornarem com os bons frutos que serão colhidos na JMJ do Rio de Janeiro e ao retornem possam partilhar tudo com os jovens que não tiveram a oportunidade de participar do grande momento.

O líder católico disse que a Jornada “mostra claramente que os jovens não estão sozinhos e além de incentivar a moral católica e visão do evangelho, os peregrinos do Amazonas se juntarão a outros jovens peregrinos do mundo inteiro, num grande momento de fé e de integração internacional entre os povos do mundo” – afirmou.

Dois milhões de jovens

De acordo com os organizadores do evento na cidade do Rio de Janeiro, que já recebe milhares de jovens das mais diferentes partes do mundo, a Jornada Mundial da Juventude é a maior concentração de jovens católicos do mundo e está na sua 38ª edição e deverá reunir um pouco mais de dois milhões de jovens peregrinos.

A Jornada, foi criada pelo saudoso Papa João Paulo II, agora beato, no ano de 1984 e no Rio de Janeiro será desenvolvida no período de 19 a 22 deste mês. Com a presença do Papa Francisco, o primeiro da América Latina a ocupar o mais alto posto da igreja católica.

(Amazonianarede – Osny Araújo)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.