Justiça absolve Ex-procurador Vicente Cruz acusado de encomendar a morte do hoje ministro Mauro Campbll

Justiça absolve Ex-procurador Vicente Cruz acusado de encomendar a morte do hoje ministro Mauro Campbll

Manaus, AM – O ex-procurador Vicente Cruz foi absolvido, na noite desta segunda-feira (6), da acusação de tentativa de assassinato contra o então Procurador de Justiça do Estado e hoje ministro do Superior Tribunal de Justiça, Mauro Campbell Marques. Na decisão ada cabe recurso.

A absolvição veio no julgamento realizado durante todo o dia de hoje, no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro São Francisco, zona Centro-Sul de Manaus, após 11 anos do caso, e vários adiamentos. À época, Vicente Cruz e Mauro Campbell concorriam ao cargo de Procurador-Geral

O julgamento começou por volta das 9h da manhã. 7 jurados acompanharam atentamente acusação e a defesa. Durante a instrução, ou seja, quando Vicente Cruz foi interrogado pelo Juiz Anésio Rocha Pinheiro, o ex-procurador disse que durante todo esse tempo, tinha ficado calado quanto à sua defesa. Disse ainda que teve a vida destruída, por conta de acusações, segundo ele, mentirosas.

Vicente Cruz, no entanto, teve conversas telefônicas interceptadas, entre outras provas que indicariam que ele pagou pela morte de um colega do Ministério Público (MP).

Entre as provas, a delação premiada de Lenilson Braga da Silveira, conhecido como “carioca”. O delator contou detalhes do plano para matar o hoje ministro Mauro Campbell Marques.

O representante do MP mostrou a ‘análise de vínculo’, ou seja, a ligação do ex-procurador com os integrantes do grupo contratado para matar o então Procurador.

Foram ainda apresentados trechos do depoimento de Lenilson, em que ele detalha quanto receberia e que teria que executar o plano até o Natal daquele ano.

Outras quatro pessoas foram julgadas em 2016 e foram sentenciados com penas de 12 a 16 anos, mas permanecem tentando recorrer da pena.

Amazoniarede-RT

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.