Jovem é presa em Iranduba após matar e enterrar o próprio filho num quintal

Iranduba, AM – A Polícia Civil do Amazonas, por meio da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP, localizada em Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital, registrou na manhã desta terça-feira (25) a prisão de Geliane Pereira da Silva, 18, no beco Maria Elza, Comunidade Vila do Ariaú, km 37 da rodovia estadual Manoel Urbano AM-070.

Ela foi presa por policiais militares da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), após denúncia anônima feita pelos próprios vizinhos da jovem, que a denunciaram pela prática de homicídio. Segundo testemunhas, Geliane teria degolado o filho dela de apenas oito dias de nascido, enrolado o corpo em um lençol e enterrado no quintal da residência.

Em depoimento na unidade policial, ela afirmou ter realizado outros dois abortos, sendo o primeiro quando estava com quatro meses e o segundo aos oito meses de gestação.

A mulher foi levada à 31ª DIP, onde foi autuada por ocultação de cadáver. Ela também será indiciada por homicídio. Após os procedimentos cabíveis, ela será levada para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Ascom

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.