INPA presente na Virada Sustentável em Manaus com a doação de mudas diversas

INPA distribuiu mudas diversas na Virada Sustentável, em Manaus
INPA distribuiu mudas diversas na Virada Sustentável, em Manaus
INPA distribuiu mudas diversas na Virada Sustentável, em Manaus

Amazonas – Com a doação orientada sobre o cultivo de hortaliças, fruteiras, plantas ornamentais e espécies florestais, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) participará a partir das 16h deste sábado (25), na Praça Jefferson Peres, no Centro da cidade, da 1ª edição da Virada Sustentável em Manaus com o projeto Escola Verde – Educação com os pés na terra.

A iniciativa é da Coordenação de Tecnologia e Inovação (Coti) com o apoio da Coordenação de Tecnologia Social (Cots) do instituto.

A Virada Sustentável é um evento de mobilização e educação para a sustentabilidade que nasceu em São Paulo. Em Manaus, o evento é organizado pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS) com apoio do Governo do Estado do Amazonas. O objetivo do evento é ampliar a informação sobre a sustentabilidade para a população a partir de uma abordagem positiva e inspiradora, além de incentivar a ocupação de áreas públicas.

“Esta ação é uma concretização de mudanças em direção a novas formas de vida sustentável”, afirma a tecnologista do Inpa e coordenadora do projeto, a engenheira agrônoma Bianca Galúcio.  Ela explica que muitas pessoas têm vontade de cultivar plantas e, no estande do Inpa, os visitantes terão a oportunidade de receber orientações de como cuidá-las, seja em quintais ou em espaços pequenos como os de apartamentos.

De acordo com a tecnologista, ao todo serão distribuídas 350 mudas. As de hortaliças (cubiu, bertalha, feijão macuco, tomate Yoshimatsu, dentre outras), que serão doadas aos visitantes, são resultados de pesquisas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa do Núcleo de Estudos Rurais e Urbanos Amazônicos (Nerua)

O projeto Escola Verde também conta com o apoio na distribuição de mudas da Organização Não-Governamental Soka Gakkai Internacional (SGI), que atua na área de Educação Ambiental, por meio do Centro de projetos e Estudos Ambientais do Amazonas (Cepeam). O SGI doará mudas de fruteiras e espécies florestais, como cedro, andiroba, mari, bacuri, entre outras.

Além desses parceiros, o projeto recebe o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) com a doação de mudas de espécies ornamentais e frutíferas (alpínia, popularmente conhecida como vindecaá, hibisco, mini-ixora, açaí, biribá, entre outras).

Escola Verde

O projeto Escola Verde é desenvolvido desde 2004, no município de Rio preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus) com estudantes do ensino médio e fundamental de escolas públicas. O projeto incentiva o cultivo e o consumo de alimentos saudáveis por meio da criação de hortas orgânicas no ambiente escolar.

Em Manaus, o projeto é desenvolvido desde o início de 2014 com crianças de 1 a 5 anos de idade no Centro de Educação Infantil Aliança (Ceia), situada no bairro Alvorada I, zona Centro-Oeste da cidade. “No projeto, estamos trabalhando a ecoalfabetização onde são cultivadas hortaliças adaptadas ao ambiente amazônico com práticas agroecológicas”, diz Galúcio, acrescentando que essas hortaliças são utilizadas no enriquecimento das sopinhas das crianças.

O projeto escola Verde também está sendo desenvolvido na Casa da Criança, uma creche localizada na rua Ramos Ferreira, no centro da cidade, e que atende 320 crianças de zero a 5 anos de idade.

Amazonianarede-Ascom,Inpa

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.