Funcionários de estaleiro Rio Negro fazem manifestação na Ponte Rio Negro

A Manifestação, ocorreu pela manha

 

A Manifestação, ocorreu pela manha
A Manifestação, ocorreu pela manha

Manaus, AM – O trafego de veículos hoje pela manhã, na Ponte Rio Negro, ficou prejudicado devido a uma manifestação de servidores doo Estaleiro Rio Negro. A Policia Militar acompanhou a manifestação.’

O protesto aconteceu na manhã desta segunda-feira (11), na Ponte Rio Negro reivindicando salários atrasados de três meses, acabou em confusão entre os manifestantes e policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e na  prisão diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, João Brandão da Silva, 49, o presidente do Sindicato da Construção Civil e Montagem do Estado do Amazonas, Cícero Custódio da Silva, 42 e Ridson Carvalho Santana, 23.

Os três foram detidos por desacato à autoridade policial, incitação à violência, perturbação da ordem e desobediência e encaminhados ao 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram ouvidos e seguida liberados

A Policia Militar, acompanhou o protesto
A Policia Militar, acompanhou o protesto

Revoltados com o atraso de três de salários por volta das 7h30 da manhã um grupo de funcionários do estaleiro bloquearam os dois sentidos da Ponte Rio Negro.

A polícia foi acionada para acabar com a manifestação e desobstruir os sentidos de tráfego na ponte e assim liberar a via para os veículos que necessitavam atravessar rumo ao Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, mas como os manifestantes não cederam ao diálogo os policiais da Rocam tiveram de usar munições de borracha e gás lacrimogêneo para conter o movimento.

Amaznianarede

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.