Foragidos do Amazonas e Roraima presos pela polícia no ônibus

Polícia intercepta ônibus e prende dois foragidos
Polícia intercepta ônibus e prende dois foragidos
Polícia intercepta ônibus e prende dois foragidos

Rorainopolis,RR – Geimis da Silva Feitoza, de 23 anos, foi preso nesta quarta-feira (26) no município de Rorainópolis, no Posto Jundiá, quando tentava entrar no estado vindo do Amazonas de onde era foragido. Ele e Denilson Rodrigues dos Santos, de 38, foragido do sistema prisional de Roraima, foram interceptados pela ‘Força-Tarefa’ das Polícias Federal e Militar.

Na barreira policial, segundo a Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), as equipes abordaram Geimis Feitoza, que estava foragido do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, cumprindo pena por tráfico de drogas.

“Ele tentou entrar no estado em um ônibus, mas foi parado. Inicialmente, disse que se chamava Luziel Silva Feitosa. Mas, com o auxílio dos nossos agentes, os policiais identificaram o foragido”, declara Roney Cruz, chefe da Dicap.

Denilson dos Santos, apelidado de ‘Maresia’, foi abordado quando tentava deixar o estado em um ônibus interestadual.

“Ele quis enganar os policiais não informando o nome completo e estava sem documentos. Mas, pelas tatuagens, podemos identificá-lo no nosso sistema ‘Canaimé’. Os policiais enviaram fotos e foi constatado que era o Denilson, foragido desde o dia 20 de agosto do Centro de Progressão Penitenciária (CPP), onde cumpria pena por tráfico de drogas”, diz Roney, citando ser importante o posto policial no Jundiá.

“São a entrada e saída do estado. Para reforçar as buscas, contamos com o sistema ‘Canaimé’, que também auxilia na identificação de sinais particulares e tatuagens de foragidos”, conclui.

Geimis e Denilson foram levados para a delegacia do município e deverão ser conduzidos à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, na zona Rural de Boa Vista

Amazonianarede-G1/RR

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.