Festival Folclórico de Parintins mal avaliado este ano por turistas

Este ano, o Festival Folclórico de Parintins, provocou muitas relações dos turistas
Este ano, o Festival Folclórico de Parintins, provocou muitas relações dos turistas
Este ano, o Festival Folclórico de Parintins, provocou muitas relações dos turistas

Parintins – Turistas que estiveram em Parintins no Festival Folclórico 2015 avaliaram de forma negativa alguns segmentos do município. A pesquisa foi feita pela empresa AmazonasTur, que apresentou o relatório na última quarta-feira (30) no Centro de Atendimento ao Turista (CAT).

Dentre os principais pontos negativos está, em primeiro lugar, a falta de lazer, ou seja, os turistas vêm em busca de atividades e programas além do Bumbódromo, e acabam não encontrando. Uma outra questão apontada pelos visitantes foi a precariedade na infraestrutura básica do município. Abastecimento de água, aeroporto, asfaltamento, limpeza pública, foram itens avaliados de forma negativa, fazendo o índice de avaliação cair consideravelmente em 2015.

Outro aspecto avaliado de forma negativa foram os preços abusivos cobrados durante o festival, seja em passagem, ingresso, alimentação ou hospedagem. A segurança pública, em especial a questão da exploração sexual, foi um item bastante criticado pelos visitantes.

A AmazonasTur realiza a pesquisa desde 2003 e verificou que os índices caíram em relação à satisfação do turista em 2015, por isso, antecipou a apresentação do relatório final.

No encontro no CAT, as representantes da empresa aproveitaram para ouvir os segmentos do trade turístico para buscar soluções e ideias para resolver alguns dos problemas evidenciados na pesquisa.

“Hoje a gente ta recebendo em torno de 50 mil turistas no Festival, mas isso precisa ser melhorado muito, especialmente a qualidade da vinda desses turistas pra cá, o que oferecer a eles, o que eles podem

est4ano, o festival de Parintins, foi mal avaliado pelos turistas
Este ano, o festival de Parintins, foi mal avaliado pelos turistas

fazer aqui além de assistir o Festival, tudo isso a gente veio mapear com os parceiros, com as instituições públicas e privadas para que a gente possa dar uma melhor condição, uma qualidade na vinda dos turistas para o Festival”, disse a chefe do Departamento de Registro e Fiscalização da AmazonasTur, Luciana Vieira.

Representantes do setor de cultura e turismo de Parintins, artesãos, tricicleiros, bois Caprichoso e Garantido, Capitania, Polícia Militar, Bombeiros, Sebrae, entre outras entidades estiveram no CAT para discutir o relatório. Cada um dos participantes ficou com uma cópia do relatório para definir as ações de melhoria para o Festival do próximo ano.

Amazonianarede-Portal Parintins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.