Faltam ingressos do Festival para os “parintinenses”

Parintins – Vereadores não estão nada satisfeitos como a forma que a coordenação do evento vem tratando os parintinenses, principalmente no que se relaciona as dificuldades para a compra de ingressos para a maior manifestação popular e cultura da cidade, o Festival Folclórico.ema já chegou a Câmara Municipal de Manaus através as manifestações dos vereadores Rildo Maia, do PSD e Clotilde Valente que criticaram a organização do evento.

O vereador Rildo Maia, (PSD), fez severas críticas a organização do Festival Folclórico de Parintins deste ano, especialmente no que diz respeito a falta da venda de ingressos para os parintinenses e foi enfático: “ É necessário que haja de imediato uma mudança no método da venda dos ingressos para o festival”.

“O principal agente da festa que é o nosso povo está ficando de fora, isso não pode acontecer, é inaceitável essa forma de vender os ingressos”, salienta o presidente do Poder Legislativo municipal.

Segundo o diretor comercial da empresa Tucunaré Turismo, Mário Jorge Abraão, cerca de 90% dos ingressos já foram vendidos.

“ É preciso evitar esse sofrimento”

Para a vereadora Clotilde Valente, “preciso encontrar uma maneira de evitar esse sofrimento aos parintinenses que têm que dormir na fila para comprar seu ingresso”.

O desabafo é a da ex-vereadora, Clotilde Valente, que pagou uma pessoa para dormir na fila a fim de que tivesse acesso ao ingresso do Festival do centenário.

O lançamento da venda dos ingressos nas dependências do salão Macuricanã, do Amazon River Hotel, presidido pelo empresário Mário Jorge Abraão, e que contou com a presença de autoridades e convidados, além das diretores e representantes de Caprichoso e Garantido.

“Caciques” dos bumbas gostaram”

Para a presidente do Caprichoso, Márcia Baranda, é o passo mais importante porque permite o acesso do visitante ao bumbódromo.

O mesmo pensamento tem o representante do Garantido, advogado Fábio Cardoso, que elogiou a empresa pelo método de venda na internet.

Em sua fala o empresário Mário Jorge Abraão disse que a empresa trabalha para melhorar o atendimento. O prefeito Alexandre da Carbrás disse que o papel da prefeitura é preparar a cidade para o festival e isso está acontecendo apesar das dificuldades. “Vamos realizar um dos maiores festivais da história de Parintins”, enfatiza.

Fonte – Tadeu de Souza

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.