Encontro com estudantes enfoca importância do patrimônio histórico no turismo

(Foto: Chris Pellet/Manauscult)

A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) reuniu estudantes do curso de Turismo das universidades de Manaus para debater o patrimônio histórico da cidade.

O encontro aconteceu no Café Teatro, no Centro, e também contou com a participação da arquiteta Ana Lúcia Abrahim e do professor do setor de Artes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Otoni Mesquita.

A plateia teve a oportunidade de ouvir palestras dos convidados e depois participar com perguntas. Ana Lúcia Abrahim tem o trabalho reconhecido sobre patrimônio histórico e arquitetura e foi uma das fundadoras do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Manaus. Já Otoni Mesquita, além de professor, já publicou um livro sobre a Belle Époque em Manaus. A apresentação teve a mediação de Rila Arruda, gerente de Patrimônio Imaterial da Manascult.

Otoni Mesquita iniciou sua participação abordando a questão da valorização do patrimônio das cidades, a importância de se estar vinculado aos espaços e lembrou a importância do cidadão conhecer onde vive e atuar como um guardião do patrimônio histórico e arquitetônico. O professor da Ufam apresentou uma interessante série de fotos em que mostrou uma síntese do processo de urbanização de Manaus desde as últimas décadas do Século XIX até as primeiras décadas do Século XX.

A arquiteta Ana Lúcia, por sua vez, apresentou um passeio pelo Centro antigo de Manaus por meio de uma série de fotos, constatando que é preciso ampliar a oferta turística para além da área do Teatro Amazonas, reconhecido como o principal cartão postal para o turista que visita a cidade, e resgatar preciosidades do patrimônio arquitetônico que estão escondidas em ruas. Ela também afirmou que é preciso investir em sinalização para o turista e mostrou-se otimista em relação ao resgate que a atual administração municipal vem promovendo na questão do Centro antigo, com várias ações e intervenções já em curso ou programadas para os próximos meses.

A plateia do encontro, formada em sua maioria por estudantes de Turismo das faculdades de Manaus, teve a chance de fazer perguntas aos dois palestrantes, focando principalmente na questão da participação dos cidadãos neste processo de defesa e resgate do patrimônio histórico.

A Semana do Turismo teve encerramento nesta sexta-feira, com uma edição especial do Sarau da Cidade na área do Paço da Liberdade, no Centro histórico de Manaus, com programação que incluiu apresentações de música, dança e poesia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.