Em Manaus, Zona Centro-Sul também terá o “faixa liberada”

A partir deste domingo, 06, o projeto Faixa Liberada, realizado pela Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), será levado, também, para a avenida Visconde de Porto Seguro no Parque das Laranjeiras, Flores, zona Centro-Sul.

O espaço será destinado principalmente aos praticantes dos esportes radicais sobre rodas, em um percurso de aproximadamente um quilômetro, sempre de 7h às 12h.

Por ser uma área de descida, o local escolhido é propício para quem pratica longboard, skate, patins, bike, patinete e trike drift. “A proposta da expansão e do local foi dos próprios praticantes. O espaço foi avaliado e resolvemos expandir o Faixa Liberada”, disse o titular da Semjel, Fabrício Lima. Apesar da nova roupagem, o espaço vai atender, também, os adeptos das corridas e caminhadas. Segundo Rômulo Cardoso, do grupo Longbrothers Manaus, a ideia do surgiu ano passado com a repercussão do Roller Manaus, evento que promoveu um encontro entre as turmas do Patins, Skate, Longboard, Roller Derby, Bike, Hockey e Patinete, na Ponta Negra. “Desde maio, quando foi promovido o Roller Manaus, a gente percebeu a necessidade de um local específico para a prática das modalidades radicais. Geralmente os encontros são muito descentralizados e com eles num mesmo local temos a chance de fazer mais intercâmbio e também de conquistar novos adeptos. O Faixa Liberada é uma conquista muito grande para a gente”, comentou Cardoso.

Trike Drift

Uma das modalidades que promete pegar no Faixa Liberada é o Trike Drift. O esporte surgiu nos Estados Unidos e o objetivo é descer ladeiras bem íngremes com pilotos derrapando, de um lado para o outro, girando várias vezes, usando triciclos. Para este tipo de triciclo utiliza-se aro, garfo e guidão de bicicleta bmx na parte dianteira e duas rodas de plástico na traseira, que podem ser de PVC ou polietileno. O assento é um banco de plástico com formato de concha e a frenagem em geral é feita através das manobras e também com os pés, apesar de muitos modelos utilizarem conjunto de freio na roda da frente.

“É preciso treino e coragem para o Trike Drift. Mas, quem se habilita a fazer, não se arrepende. Na ladeira onde será feito o Faixa Liberada, é possível chegar a 70 Km/h. Tenho certeza que a galera vai adorar”, disse Rômulo Cardoso.

Faixa Liberada

O projeto Faixa Liberada continuará ocorrendo todas as quartas-feiras e domingos, no Complexo Turístico Ponta Negra. Um trecho que vai do Tropical Hotel até o Jardim das Américas é fechado das 6h às 12h (domingo) e de 17h às 22h (Quarta) para que adultos, jovens e crianças pratiquem atividades esportivas e recreativas. Aproximadamente 2 mil pessoas usufruem do faixa liberada aos domingos e 1,5 mil na quarta-feira.

Foto: Antonio Lima e Rômulo Cardoso

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.