Duas pessoas são presas com 60 kg de drogas no Aeroporto de Manaus

Manaus – Davi Miranda da Encarnação, 19, e Mayara Pereira Mitozo, 19, foram presos policiais da Força-Tarefa da Secretária de Segurança Pública (SSP) e do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) com aproximadamente 60 kg de substância entorpecente com aspecto de maconha, dentro das malas.

O flagrante ocorreu por volta de meia-noite, na madrugada de quinta para sexta-feira (12), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

Eles foram presos após denúncias anônimas feitas ao número 181 da SSP. Davi veio do estado de Goiás, precisamente da cidade de Goiânia. Com ele foram apreendidos 27 pacotes da droga, envoltos em fita adesiva. Já Mayara embarcou em Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul. Com ela foram encontrados 18 pacotes da substância entorpecente, também enrolados com fita adesiva.

Em depoimento, Davi disse que foi procurado por uma mulher que lhe ofereceu R$ 2 mil para fazer o transporte da droga. Ele disse que iria entregar a mercadoria no bairro Parque São Pedro, conhecido como “Carbrás”, na Zona Oeste da cidade. Em Manaus, ele iria receber uma ligação com orientações para entregar a droga.

Na Delegacia, Mayara disse que receberia R$ 2,5 mil para trazer a droga de Goiânia. A mercadoria, segundo ela, pertence a uma mulher que já está sendo investigada pela polícia. Ela disse que levaria a droga para casa, no bairro Alvorada 3, Zona Centro-Oeste, até a pessoa interessada, que ela diz não conhecer, entrar em contato para receber a encomenda.

“Eles vieram de lugares distintos. Estamos investigando se existe ligação entre os dois casos,” declarou o Delegado Titular do 18º DIP, Ivo Martins.

Davi e Mayara foram autuados em flagrante por tráfico de drogas (Art. 33 da Lei 11.343/06). Eles foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte – Ascom 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.