Dois milhões de católicos celebram 223º Círio de Nazaré em Belém

Uma verdadeira multidão no Círio de Nazaré, em Belém, a maior festa religiosa do país
Uma verdadeira multidão no Círio de Nazaré, em Belém, a  maior  festa religiosa do país
Uma verdadeira multidão no Círio de Nazaré, em Belém, a maior festa religiosa do país

Belém, PA – A arquidiocese de Belém realizou, neste domingo (11), a 223ª edição do Círio de Nazaré, a maior procissão católica do Brasil. Considerado desde 2014 como patrimônio histórico e Cultural da humanidade pela Unesco, a romaria deve reunir cerca de 2 milhões de pessoas em procissão pelas ruas de Belém, partindo da igreja da Sé até a Basílica Santuário – um percurso de 3,6 quilômetros.

Uma verdadeira multidão de fies católicos acompanharam o Círio, com milhares de pagadores e promessas e uma verdadeira guerra para chegar corda que cercava o andor dom a imagem de Virgem de Nazaré.

Calcula-se que mais de 2 milhões de devotos acompanharam a grande romaria.

As festividades começam 5h da manhã, com a celebração de uma missa na Catedral de Belém pelo arcebispo metropolitano Dom Alberto Taveira. Após a missa a imagem é colocada na berlinda, de onde segue protegida pela guarda da santa, um grupo de voluntários da igreja católica que faz a proteção do ícone, até ser atrelada na corda que é puxada pelos devotos durante a procissão.

Os fiés, acompanharam tudo com muito atenção
Os fiés, acompanharam tudo com muito atenção

O trajeto do Círio inicia em frente à Catedral de Belém, na Praça Frei Caetano Brandão, seguindo para a Praça do Relógio, Av. Portugal, Boulevard Castilhos França, Av. Presidente Vargas e Av. Nazaré até a Praça Santuário.

Promessas

Durante a procissão, 13 carros acompanharam a multidão para que os devotos possam depositar suas promessas, em geral grandes velas ou objetos de cera que simbolizam as graças alcançadas. Chamados de ex-votos, estes objetos são posteriormente catalogados e passam a integrar o acervo do museu do Círio.  Todos os Carros são conduzidos por alunos de várias escolas da região, que participaram de uma manhã de formação para a colaboração voluntária.

No caminho até a Praça Santuário a imagem recebeu diversas homenagens e demonstrações de fé. A organização da Festa estima que a chegada da procissão deva ocorrer por volta das 12h. Lá, milhares de fiéis aguardam o início da missa que será celebrada por Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém.

O sacrifício para chegar a corda, sempre é muito grande
O sacrifício para chegar a corda, sempre é muito grande

A corda do Círio

A Corda é um dos grandes símbolos da festa religiosa, ao lado da Imagem Peregrina e da Berlinda de Nossa senhora de Nazaré. O ícone é esticado pela Guarda de Nazaré e Diretoria da Festa ainda na madrugada do domingo e sua chegada é comemorada pelos promesseiros que já aguardam na Av. Boulevard Castilhos França. A Corda do Círio, assim como a da Trasladação, tem 400 metros e pesa aproximadamente 600kg. De acordo com estudos apresentados pelo do Dieese PA, aproximadamente 7.000 pessoas conduzem a corda que puxa a Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré.

Pedaços da corda são disputados pelos promesseiros ao fim da procissão. Para que ela não seja rompida antes da chegada da berlinda em seu destido, a arquidiocese de Belém realiza desde 2011 uma campanha pelo não corte antecipado da corda. Segundo a diretoria da festa, a campanha surgiu pela necessidade de manter vivo este símbolo tão importante da devoção à Nossa Senhora e, também, para evitar possíveis acidentes durante as procissões.

A Corda faz parte do Círio desde 1855, quando, por causa de uma forte chuva, a feira do Ver-o-Peso ficou inundada. Na época a berlinda era conduzida por um carro de boi, que não pode passar. A solução foi atar cordas a fim de que os romeiros pudessem desatolar a Berlinda.

Alteração

Desde o Círio 2004 a diretoria da festa alterou o formato da Corda nas procissões, que deixou de ser em forma de “U” para ser linear. Na

O Cirio de Nazaré um show de fé
O Cirio de Nazaré um show de fé

Trasladação e Círio de 2014, a Corda continua sendo dividida em núcleos (da Cabeça e da Berlinda) e estações (são cinco, aotodo) com cordões de isolamento feitos pela Guarda de Nazaré e fuzileiros daMarinha do Brasil.

O Núcleo da cabeça da corda, com 11 metros, será conduzido por cerca 92pessoas. No caso das cinco estações, cada uma com 6 metros, serão levadas por quase de 50 promesseiros. Ao total, aproximadamente 7.542 promesseiros devem puxar a Corda da Berlinda no Círio 2014.

Amazonianarede-Sistema Globo

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.