Demora, irritação e confusão marcam festa do Flu nas Laranjeiras

Confusão nas Laranjeiras

Confusão nas Laranjeiras

Amazonianarede – JB

Rio – Tinha tudo para ser uma grande festa. Milhares de torcedores do Fluminense foram para as Laranjeiras, a sede social do clube, na expectativa de recepcionar os tetracampeões brasileiros. Mas a demora para os jogadores chegarem ao local – do pouso no Aeroporto do Galeão ao encontro com a torcida na zona sul se passaram quatro horas – e a desorganização quase botaram tudo a perder.

Depois da vitória sobre o Palmeiras por 3 a 2, conquistada com um gol de Fred no finalzinho do jogo em Presidente Prudente, os torcedores que foram às Laranjeiras para assistir à partida num telão invadiram o campo e fizeram da grama seu feudo. Dali só arredariam o pé depois que a taça chegasse carregada pelos campeões. Só que do apito final da partida à chegada dos atletas se passaram longas oito horas. Quem não arredou pé, se impacientou.

Antes de os jogadores aparecerem, vários cânticos de reclamação foram entoados. “Falta de respeito” foi o mais alto de todos. Irritados, vários torcedores abriram um portão e se aproveitaram da falta de segurança para entrar na tribuna de honra, onde estava previsto para os jogadores se apresentarem. Outros se desentenderam dentro do campo e partiram para as vias de fato – um rapaz ficou com o nariz sangrando. Um clima de tensão se espalhou pelas Laranjeiras. Algum desastre parecia iminente.

Até que o trio elétrico com os jogadores despontou na Rua Pinheiro Machado para euforia dos torcedores. Gum, Fred e Jean – os únicos a entrar na festa – apareceram no acanhado estádio com a taça de 2010 e foram carregados nos ombros pelos torcedores que invadiram o local. A aglomeração de mais gente do que o lugar comportava e os pulos frenéticos da multidão assustaram mães com crianças de colo desesperadas.

Os raros seguranças quase nada podiam fazer a não ser rezar. Por pouco nada demais aconteceu. Uma mãe chegou a entregar sua filha pela janela antes de escapar da tribuna por entre a torcida.

Tanto tempo de espera e a festa durou pouco mais de 15 minutos. Depois de serem carregados nos ombros, os jogadores se retiraram para dentro da sede social. A música acabou. Às 3h25, só havia no campo algumas dezenas de torcedores retardatários e um rastro de lixo de latas de cerveja e refrigerante atiradas no gramado.

Começou a ressaca de um título que ainda será muito mais comemorado nas três rodadas de campeonato que ainda faltam.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.