Delegado Geral participa de encontro promovido pelo TCE-AM

(Fotos: Ascom)

Auxiliar gestores na adoção de medidas que evitem, na origem, falhas repetidas anualmente nas administrações, como: sobrepreço, superfaturamento, licitação irregular, falta de projetos básicos ou executivos, entre outros, estiveram na pauta de discussões do quarto encontro “Diálogo Público – Para Melhoria da Governança,” realizado nesta terça-feira (19), no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), localizado na avenida Efigênio Sales, Zona Centro-Sul da cidade.

Para o Delegado Geral de Polícia Civil, Josué Rocha, foi uma oportunidade única de reunir os gestores de órgãos públicos com o intuito de aprimorar o trabalho administrativo desenvolvido nas instituições. “Quando nós temos uma reunião como essa facilita para que as informações emanadas pelo Tribunal, seja ele o Tribunal de Contas do Estado ou Tribunal de Contas da União, sirvam para que tenhamos uma preocupação maior no controle das nossas contas”, argumentou na ocasião.

Estiveram presentes no encontro o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro João Augusto Nardes; o governador do Estado do Amazonas em exercício, José Melo; o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Érico Desterro; o prefeito de Manaus, Artur Neto e demais gestores municipais e estaduais.

Durante o encontro, Nardes destacou o papel dos Tribunais de Contas de todo o País. “O Tribunal tem que dar um passo à frente na excelência do controle e ver se o estado está dando uma boa educação, ver se está entregando uma boa saúde, verificar se o estado tem uma boa segurança e se tem capacidade de prestar um serviço digno para o cidadão brasileiro,” enfatizou.

Ao longo do dia, foram apresentados aos convidados conceitos de governança para o aprimoramento da gestão e temas como licitações e contratos, convênios, controle interno e aspectos gerais da gestão previdenciária.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.