Delegado apresenta a foto e pede ajuda da sociedade para prender o pai que afogou o filho de 4 meses no Rio Negro

A foto de Josias de Oliveira Alves, o assassino do próprio filho
A foto de Josias de Oliveira Alves, o assassino do próprio filho
A foto de Josias de Oliveira Alves, o assassino do próprio filho

Manaus, AM – O delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, disponibilizou à imprensa, na tarde desta terça-feira, dia 18, na sede da unidade policial, a imagem de Josias de Oliveira Alves, 30, investigado pelo homicídio do próprio filho de quatro meses.

De acordo com Ivo Martins, a divulgação da imagem de Josias pela imprensa irá contribuir com o trabalho investigativo que vem sendo realizado pelas equipes da DEHS. “Pedimos a colaboração da sociedade para localizarmos Josias para que ele possa ser ouvido sobre o caso. A partir da veiculação da imagem dele, as chances de chegarmos até ele são maiores”, enfatizou.

A autoridade policial destaca que nenhuma hipótese está sendo descartada, uma vez que só há uma versão da história até agora. “Até o momento só ouvimos o depoimento da ex-companheira dele, Cleudes Maria Batista de Moraes, 23, acusando Josias de homicídio e homicídio tentado. É de extrema importância encontrar Josias para que se tenha a outra versão do fato”, explicou Martins.

Qualquer informação que possa levar à localização do suspeito, entrar em contato com os policiais civis que atuam na DEHS pelos números: (92) (92) 3636-2874 ou 99273-6161. Disponibilizamos ainda o 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). A Polícia Civil do Amazonas assegura o sigilo da identidade dos informantes.

O delegado Ivo Martins, pede o apoio da população para chegar ao pai criminoso e prende-lo
O delegado Ivo Martins, pede o apoio da população para chegar ao pai criminoso e prende-lo

Entenda o caso

Conforme os policiais civis lotados na DEHS, a ex-companheira do suspeito teria informado, em depoimento no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o caso foi registrado, que o homem tinha matado o filho deles, de quatro meses, e tentado contra a vida dela também. De acordo com ela, o fato ocorreu no último sábado, dia 15, nas proximidades do Porto São Raimundo, zona Oeste de Manaus.

“Segundo a mulher, o homicídio e a tentativa de homicídio aconteceram após uma discussão do ex-casal por conta de pensão alimentícia. Ela argumentou que, após conversar com Josias sobre o assunto, o mesmo pediu que ela entrasse na voadeira com motor de popa dele para que eles pudessem ir até um local pegar um dinheiro para ela”, disse o policial civil que registrou a ocorrência.

Cleudes afirmou ainda, em depoimento, que quando eles estavam no meio do rio o homem começou a agredi-la. Então o filho do casal, que estava dormindo, acordou. Josias teria jogado o bebê no rio e a enforcado. A mulher disse que se jogou no rio e ele teria passado com a embarcação perto dela algumas vezes.

Amazonianarede-DGP

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.